Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias | Política

problema à vista

PMDB promete obstruir MP dos Portos; Governo mantem discurso otimista

Foto: Reprodução - Ilustração

PMDB promete obstruir MP dos Portos; Governo mantem discurso otimista
Mesmo com o curto prazo de vigência e o PMDB dizendo que vai obstruir a votação da MP dos Portos (595/12), marcado para noite desta segunda-feira (13), a cúpula governista mantém discurso otimista quanto à aprovação da proposta, que precisa ser votada pela Câmara e pelo Senado até quinta-feira (16). A informação é da Agência Câmara.


Polêmica, votação da MP dos Portos é adiada mais uma vez
MP dos Portos vai a votação e Ideli diz que negociação do governo chegou no limite

Em discurso, o governo deu a entender que já sofreu divergências na base aliada durante votação de outras MPs - como no caso das MP do Setor Elétrico, em MPs de desoneração de folha e, ainda assim, conseguiu aprovar as matérias. Interlocutores da presidenta Dilma Rousseff afirmaram que a votação ocorre com ou sem apoio.

Na tarde de hoje foi realizada reunião da base aliada para traçar estratégias para a votação da proposta. A ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti,admitiu que a MP pode não ser votada na noite de hoje, especialmente pela obstrução do PMDB. "Podemos ter a votação até amanha à noite aqui na Câmara, para ser votada no Senado até quinta; este é o tempo razoável, dois dias para as duas Casas votarem", disse.

Arlindo Chinaglia (PT-SP), líde do governo na Câmara, reconheceu que um acordo nessa MP será difícil. "Teremos uma longa noite para ver o conteúdo e em quais procedimentos nós podemos fazer acordo." O deputado Eduardo Cunha (RJ), informou que a bancada não aceita votar hoje à noite e vai obstruir os trabalhos. Ele não participa da reunião dos líderes da base.

Cunha é um dos deputados governistas que não concordam com o texto aprovado pela comissão especial. O líder do PR, deputado Anthony Garotinho (RJ), disse que emenda feita transformaria a MP dos Portos em "MP dos Porcos".

O líder do PMDB disse que quer impor prazos e licitação às autorizações de portos privados e discorda que ela tenha o objetivo de "desconfigurar a MP", como disse o líder do PT, deputado José Guimarães (CE). Já o líder do PSB, deputado Beto Albuquerque (RS), disse que pode retirar o apoio à emenda de Cunha se o governo se comprometer a não vetar partes do relatório da comissão especial.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet