Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Notícias | Geral

Micro e Pequenas Empresas

Tecnologia e Inovação são destaques durante a 13ª Feira do Empreendedor do Sebrae-MT

Foto: Assessoria de Imprensa do Sebrae/MT

Tecnologia e Inovação são destaques durante a 13ª Feira do Empreendedor do Sebrae-MT

A 13ª Feira do Empreendedor realizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Mato Grosso (Sebrae/MT) contou com diversas atividades voltadas ao desenvolvimento da tecnologia e inovação do ecossistema empreendedor. Uma das novidades da edição foi o uso do aplicativo com informações sobre a programação completa e espaço para interações entre participantes.

Leia também
Micro e pequenas empresas concentram 94% dos postos de trabalho em MT

O diretor Técnicodo Sebrae/MT, André Schelini, explicou sobre as oportunidades geradas pelo uso da tecnologia durante o evento. "O aplicativo oportuniza ao nosso cliente o acesso não só às informações da Feira para poder participar da comunidade e interagir, mas também para acessar o próprio conteúdo, porque nós tivemos transmissão das palestras no aplicativo e isso coloca a informação de forma democrática para todos acessarem na palma da mão", disse. 

Outro benefício do uso do aplicativo foi a geração de oportunidades e negócios por meio do marketplace. "Os expositores da Feira puderam comercializar seus produtos de forma virtual por meio desse espaço tecnológico. Novos clientes e negócios foram gerados durante o evento", ressalta o diretor. 

A Feira do Empreendedor também contou com um espaço dedicado ao desenvolvimento de startups, desenvolvido pela equipe de inovação do Sebrae/MT, para apresentar ações de solução, oficinas, mentorias e preparação de empreendedores com foco em inovação e, durante a feira, empreendedores puderam conhecer mais sobre a iniciativa e clientes atendidos pela instituição. 

O gestor de Inovação do Sebrae/MT, Fernando Psheidet, explica que o programa Startup é voltado tanto para o empreendedor que está na fase inicial de ideação do negócio, quanto para a startup que já está operando, tem seus clientes, mas que precisa de mais escalabilidade e novos mercados. 

"O Sebrae Startups é o maior programa de aceleração de startups de Mato Grosso e, por meio da nova ferramenta, todas as startups cadastradas terão acesso a dezenas de benefícios. Além disso, aqui no stand apresentamos oito cases que já foram atendidos pelo Sebrae/MT e conseguiram captar investimentos e se desenvolver no mercado, mostrando que é possível se desenvolver em Mato Grosso", falou.

 Ele reforça que o Sebrae/MT também promove missões técnicas nacionais e internacionais para que os empreendedores possam conhecer e se inspirar, para desenvolver negócios inovadores em todo o estado. É o caso do Daniel Latorraca, fundador da Creditares, que diz que a parceria com o Sebrae/MT foi fundamental para a evolução da empresa e aumento do impacto positivo na cadeia. 

"Estamos em um estado extremamente voltado ao agronegócio e uma das dificuldades do setor é o acesso ao crédito. A nossa empresa apoia o acesso à crédito do produtor e da revenda dos insumos. A ideia é dar suporte ao produtor que tem dificuldade em acessar o crédito com tecnologia e assessoria, já que o nosso propósito é transformar essa jornada, deixando ela mais digital e assertiva. E, estar aqui com o Sebrae/MT nos ajuda a impulsionar nosso negócio e nossa missão", disse. 

Parcerias de sucesso 

A Feira do Empreendedor contou com espaços de desenvolvimento do ecossistema de inovação com parceiros como AgriHub, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-MT), Instituto de Pesquisas e Análise da Fecomércio (IPF-MT), Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Serviço Social do Comércio (Sesc), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt-MT), além do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e outros. 

Foram oportunidades de aproximar empreendedores, estudantes, pesquisadores e população em geral de inovações tecnológicas. O instrutor do espaço da Fecomércio-MT, Igor Carneiro, explica que recursos de realidade virtual são utilizados para promover a imersão das pessoas que passavam pelo espaço.
 
"São inovações que chamam a atenção. Com os óculos, por exemplo, é possível fazer várias simulações. A da empilhadeira a pessoa se sente em uma operação real e coleta os pallets em um cenário de obra. Já no cenário de fast food, a pessoa pode preparar um lanche e entregar para o cliente dele. É uma experiência totalmente imersiva", explica. 

Outro espaço voltado à tecnologia que chamou bastante atenção durante a Feira do Empreendedor foi o do Senai, disponível no estande da Fiemt-MT, com equipamentos como o robô colaborativo. O interlocutor regional de inovação da instituição, Tiago Finati, explica que as máquinas são as mais modernas do mundo quando se trata de processo de fabricação e comunicação. 

"O que tem de mais moderno no mundo está agregado nesses equipamentos e isso já é um grande diferencial do stand, porque as pessoas não conhecem e ficam curiosas para ver o que é, como funciona. Outra novidade é a corrida de inovação, onde os alunos buscam junto aos expositores do evento os problemas existentes para que eles possam, através da nossa metodologia, desenvolver soluções", falou. 

A estudante Dianna Leite, aproveitou os quatro dias de Feira do Empreendedor para pesquisar e desenvolver soluções inovadoras. "Não viemos só para conhecer a Feira, mas viemos para competir. Encontrar problemas e pensar em soluções durante o evento foi uma oportunidade única, porque a gente sai da nossa zona de conforto. Sem contar no quanto o evento inteiro foi repleto de oportunidades e eu pude aprender muito", afirma.
 

Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet