Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Notícias / Agronegócio

Rússia mantém promessa de manutenção de fluxo de comércio de grãos e carnes do Brasil

Da Redação - Viviane Petroli

09 Fev 2017 - 08:00

Foto: Divulgação/Mapa

Vice-ministro russo da Agricultura, Evgeny Gromyko, e o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki

Vice-ministro russo da Agricultura, Evgeny Gromyko, e o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki

A Rússia manteve a promessa de manutenção do fluxo de comércio de grãos, carnes e lácteos do Brasil e ainda manifestou interesse em fornecer trigo e carnes bovinas e de aves. O vice-ministro russo da Agricultura, Evgeny Gromyko, durante passagem do secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, destacou que deverá visitar o órgão brasileiro entre abril e maio, bem como conduzir a reunião do Comitê de Agricultura Brasil-Rússia, que ocorre na mesma data.

Reuniões entre o secretário executivo do Mapa, Eumar Novacki, e o Ministério da Agricultura da Rússia ocorrem desde a semana passada. O objetivo da missão internacional brasileira é ampliar o comércio bilateral com aquele país.

Leia mais:

Rússia anuncia visita em março ao Brasil para habilitar frigoríficos

Segundo Novacki, o foco tanto da missão hoje na Rússia quanto a vinda de Gromyko e da reunião do Comitê de Agricultura Brasil-Rússia é "a remoção de barreiras para intensificar o comércio e a atração de investimentos".

Assim como o ministro Blairo Maggi, Novacki tem mostrado nos encontros oficiais com representantes do governo russo, além de importadores e investidores, que o sistema produtivo brasileiro é baseado na preservação ambiental, na sustentabilidade, na qualidade e na segurança sanitária e fitossanitária.

Durante os encontros ainda é apresentado o Plano Agro+, voltado para a desburocratização do agronegócio brasileiro e ampliação da competitividade dos produtos do setor.

De acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Novacki salientou ainda na Rússia que o Brasil investe em políticas de financiamento e de acesso ao crédito com juros mais justos e de fácil acesso. O secretário executivo do Mapa, pontuou ainda durante a missão que "“as premissas que levam à alta produtividade e à inclusão social estão também alicerçaras em políticas para o pequeno e médio produtor, por meio do crédito, cooperativismo e assistência técnica. Muitos pequenos e médios produtores já estão inseridos no mercado internacional, o que ajuda a garantir estabilidade no fornecimento de produtos".

ProdExpo

Novacki seguiu para a Rússia no último dia 01 de fevereiro. A missão internacional envolve, além de reuniões com o vice-ministro russo de Agricultura, Evgeny Gromyko, investidores e importadores, a participação na ProdExport, maior feira de produtos lácteos e de carnes da Rússia.

O secretário executivo, segundo o Mapa, visitou na quarta-feira, 08 de fevereiro, o evento e esteve entre os expositores brasileiros. “Rússia e Brasil são países que valorizam seus parceiros comerciais e buscam a reciprocidade”, disse Novacki.

Novacki afirmou que o governo brasileiro deverá desenvolver ações para abrir novas oportunidades de comércio bilateral.

Ainda durante passagem pela Rússia, o secretário executivo do Mapa encontrou-se com o ministro da Agricultura do Uruguai, Tabaré Aguerre, que também está na Rússia, no qual foi tratada a importância de fortalecer a união dos países da região e os programas sanitários conjuntos para um comércio mais fluido.
Sitevip Internet