Olhar Agro & Negócios

Sábado, 04 de abril de 2020

Notícias / Pecuária

Abates em Mato Grosso de bovinos caem 15,7% em 2015, aponta Indea

Da Redação - Viviane Petroli

01 Dez 2015 - 11:04

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Abates em Mato Grosso de bovinos caem 15,7% em 2015, aponta Indea
Apesar da correção de estatística de abates em 2015, o volume de animais encaminhados para os frigoríficos em Mato Grosso segue em queda. De janeiro a outubro 3,89 milhões de cabeças de gado foram abatidas no estado, 15,7% a menos que as 4,61 milhões do ano passado no período.

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) revisou recentemente suas estatísticas de bovinos abatidos relacionadas a 2015 e constatou-se que de janeiro a outubro 3,89 milhões de cabeças foram abatidas, um aumento de 4,3% ante as 3,73 milhões de cabeças divulgadas anteriormente.

Leia mais:
Venda antecipada de gado em Mato Grosso garante rentabilidade de R$ 70 por cabeça no confinamento

Os dados constam no Boletim Semanal da Bovinocultura, divulgado nesta segunda-feira, 30 de novembro, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Conforme o Boletim, foram localizadas desigualdades de informações até o mês de agosto.

As falhas, destaca o Boletim do Imea, foram apontadas pelo Indea em decorrência a erros no processo de extração dos dados, que foram corrigidos.

No caso do abate de fêmeas foi constatada uma retração de 21,5%.

"Caso o abate nos próximos dois meses seja próximo à média deste ano, o estado irá registrar o menor volume de abate dos últimos seis anos. Apesar do movimento de retenção de matrizes, que certamente deve aumentar a produção de bezerros (as) no médio prazo. O estoque de machos disponíveis para o abate em 2016v não deve crescer muito, segundo previsão do Imea, o que pode manter o abate longe dos patamares históricos já registrados”, frisa o Boletim do Imea.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet