Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias | Agricultura

Mais oferta

Produtividade do milho deve crescer ainda mais com as chuvas previstas

30 Abr 2013 - 10:06

Especial para o Agro Olhar - Thalita Araújo

Foto: Reprodução

Produtividade do milho deve crescer ainda mais com as chuvas previstas
A produtividade das lavouras de milho em Mato Grosso deverá crescer ainda mais caso as previsões climáticas sejam concretizadas, podendo até se aproximar dos números recordes alcançados no ano passado, de acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).


Valor do frete para transporte da soja e do milho dispara

Nas primeiras estimativas do instituto, no início do plantio, a média de produtividade esperada era de 80 sacas por hectare. Agora, a média já figura em torno de 88 sacas por hectare. No ano passado a médica passou das 100 sacas.

O motivo do crescimento da expectativa é a quantidade de chuvas que continua caindo nas regiões produtoras, o que favorece muito o desenvolvimento da cultura. E, na medida em que as precipitações ocorrerem nos próximos dias, os ganhos em produtividade aumentam ainda mais.

As previsões climáticas

De acordo com dados do Somar Meteorologia, divulgados pelo Imea, durante maio as precipitações devem ocorrer em maior volume somente na metade do mês, entre os dias 11 e 14, com volumes maiores que a média.

Produção nacional de milho deve crescer quase 10% na segunda safra

A região sudeste do Estado deve receber o maior volume de chuvas, 75 mm durante todo o mês, sendo 71 mm deles concentrados durantes os dias citados.

O mesmo pode ser observado nas regiões oeste e centro-sul, entretanto com volumes de 72 mm e 71 mm cada.
O índice pluviométrico na região médio-norte tem previsão de apenas 48 mm para todo o mês, com chuvas mais esparsas, que não passam de 5 mm por dia.

As médias históricas para estas regiões no mês de maio variam entre 47 mm e 56 mm de chuvas.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet