Olhar Agro & Negócios

Sábado, 13 de julho de 2024

Notícias | Política

audiência

Prefeitos do Araguaia vão à Câmara expor situação em Suiá Missú após desintrusão

“Abri uma conversa com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Republica e com o Ministério do Desenvolvimento Social a respeito das famílias desalojadas do Posto da Mata para que o governo federal ajude no acolhimento delas”, acrescenta o parlamentar.

Foto: José Medeiros - Fotos da Terra

Famílias de Suiá Missú continuam sem lugar definitivo para viver e produzir

Famílias de Suiá Missú continuam sem lugar definitivo para viver e produzir

Seis prefeitos de municípios atingidos pela desintrusão da gleba Suiá Missú, no Araguaia, vão participar de audiência pública na Câmara Federal para falar sobre os problemas que as famílias desalojadas estão enfrentando desde dezembro de 2012, quando houve a desocupação da área.


Participarão do debate os prefeitos de Alto Boa Vista, de Bom Jesus do Araguaia, de São Felix do Xingu, de Serra Nova Dourada, de Porto Alegre do Norte e de Confresa. A audiência pública está marcada para ocorrer após o recesso parlamentar, no dia 13 de agosto.

Ministros da área social vão à Câmara discutir amparo às famílias de Suiá Missú

A medida faz parte de requerimento aprovado na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara. Conforme o requerimento, junto com os prefeitos, ministros da área social do governo federal prestarão esclarecimentos sobre as medidas a serem adotadas para atender as demandas das famílias.

Produtores expulsos retornam a Suiá Missú e recomeça clima tenso com índios


De acordo com o deputado federal Valtenir Pereira (PSB-MT), autor do pedido para realização da audiência pública, muitos parlamentares da comissão ficaram estarrecidos com o descaso do governo federal em relação às pessoas desalojadas.

“Alguns deputados já tinham conhecimento dos fatos, mas ficaram estarrecidos ao assistirem o vídeo com os relatos dos moradores”, afirmou Valtenir ao lembrar da exibição de um documentário sobre a situação dos produtores rurais que ocupavam a região.

Serão convidados também os ministros do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello. 

“Abri uma conversa com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Republica e com o Ministério do Desenvolvimento Social a respeito das famílias desalojadas do Posto da Mata para que o governo federal ajude no acolhimento delas”, acrescenta o parlamentar.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet