Olhar Agro & Negócios

Sábado, 15 de maio de 2021

Notícias / Logística

promessa

Ministro afirma que vai viabilizar duplicação da 163 até terminal da ALL

De Rondonópolis - Cairo Lustoza - Olhar Direto/Agência Pauta Pronta

24 Abr 2013 - 10:20

Foto: Cairo Lustoza - Olhar Direto/Agência Pauta Pronta

Ministro afirma que vai viabilizar duplicação da 163 até terminal da ALL
O prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz, comunicou ao ministro dos Transportes, Cesar Borges, que não vai liberar a licença de operações para o funcionamento do Complexo Intermodal de Rondonópolis (CIR) até que não receba uma sinalização do governo federal de que o trecho da BR 163 - de 25 quilômetros - que liga o município ao Complexo será duplicado.

Atraso em obra da ALL adia licença para Rondonópolis
Ferrovia é a redenção para o 'apagão logístico' em MT

“Queremos a garantia para que o projeto do terminal seja de fato um benefício para nossa região e não um pesadelo, como virou a travessia urbana”, disparou o chefe do Executivo Municipal. A cobrança foi feita durante seu pronunciamento na solenidade de assinatura do contrato de duplicação da BR 364 entre Rondonópolis e Jaciara.

Durante a visita à região sul de Mato Grosso, o ministro dos Transportes, Cesar Borges, esteve nas obras do Complexo da ALL que tem investimentos de R$ 700 milhões. Após a visita e a cobrança do prefeito Percival Muniz, o ministro afirmou que o governo federal pretende priorizar trechos utilizados para escoamento de grãos e, por isso, tem buscado viabilizar os recursos necessários para a execução da obra de duplicação de 25 quilômetros que liga Rondonópolis até o Complexo da ALL.

“O projeto para a duplicação já está pronto, entretanto não está incluso no PAC e sem recursos assegurados, mas há um compromisso que não é só meu, mas também da ministra Mirim (do Planejamento) e da presidente Dilma - que determinou que seja dada prioridade para vias de escoamento de safra – de agilizarmos essa obra também”, disse o ministro.

Ele visitou a região acompanhado do governador Silval Barbosa, do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Jorge Ernesto Fraxe, deputados federais e estaduais.

De acordo com dados da ALL, o Complexo Intermodal Rondonópolis será o maior terminal intermodal do país, com a geração de três mil empregos e capacidade de atender mais de 1.200 caminhões por dia. O CIR está sendo concluído em uma área de cerca de 400 hectares.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet