Olhar Agro & Negócios

Sábado, 13 de julho de 2024

Notícias | Agronegócio

futuro

Bienal dos Negócios da Agricultura vai discutir logística, tecnologia e produção agrícola

O evento é destinado a produtores rurais, pesquisadores, técnicos e extensionistas, fornecedores e distribuidores das cadeias produtivas do agronegócio, lideranças de entidades governamentais e não governamentais.

Foto: Assessoria

Bienal dos Negócios da Agricultura vai discutir logística, tecnologia e produção agrícola

Bienal dos Negócios da Agricultura vai discutir logística, tecnologia e produção agrícola

Palestras com especialistas renomados, workshop sobre Jornalismo Agropecuário, reuniões das Câmaras Setoriais do Ministério da Agricultura (soja, algodão e insumos), reunião das Comissões Nacionais de Trabalho e Previdência da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), Fórum dos Secretários Estaduais de Agricultura, Fórum Empresarial do Centro-Oeste. Tudo isso fará parte da Bienal dos Negócios da Agricultura Brasil Central, com abertura agendada para as 11h30 desta terça-feira (18).


“A união entre as Federações dos estados que fazem parte do Centro-Oeste foi o primeiro passo que demos rumo ao fortalecimento da região. Juntos, esses Estados produtores ficam ainda mais fortes para planejar o futuro e cobrar empenho das autoridades públicas para sanar os desafios do Brasil Central”, explica o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e coordenador geral do evento, Rui Prado.

Cuiabá sediará novamente a Bienal da Agricultura no mês de agosto

Cuiabá recebe maior evento da pecuária mundial neste sábado (18)

Os temas em destaque para o encontro deste ano vão de logística a novas tecnologias, cobrança de royalties, política agrícola e sucessão familiar. “A Bienal foi pensada para ser um evento de vanguarda e formar a opinião dos produtores rurais sobre questões estratégicas para o futuro do agronegócio”, comenta o diretor executivo da Famato, Seneri Paludo.

Um painel exclusivo para tratar sobre os royalties e os modelos de cobrança das futuras tecnologias fará parte de um painel. Em seguida, será discutido como enfrentar o apagão de mão de obra e os desafios para atrair mais trabalhadores e melhor qualificados.

“Outro tema que nos preocupa bastante e merece total atenção é a sucessão familiar. Queremos discutir o futuro desses novos agricultores que irão assumir os negócios da família. É uma nova geração que está entrando para assumir o agronegócio”, acrescenta presidente da Famasul, Eduardo Riedel, que será o mediador nesse debate.

O evento é destinado a produtores rurais, pesquisadores, técnicos e extensionistas, fornecedores e distribuidores das cadeias produtivas do agronegócio, lideranças de entidades governamentais e não governamentais.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet