Olhar Agro & Negócios

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Economia

PIB de 3,9%

Banco revela que agropecuária é o segmento econômico que mais cresce no Brasil

A produção agropecuária é o segmento que mais movimenta a economia brasileira. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, a agropecuária se destacou no segundo trimestre do ano reigstrando alta de 3,9% em comparação aos três primeiros meses do ano.

Foto: Reprodução / Ilustração

Agropecuária é o segmento econômica que mais cresce no Brasil; PIB nacional de 3,9%

Agropecuária é o segmento econômica que mais cresce no Brasil; PIB nacional de 3,9%

A produção agropecuária é o segmento que mais movimenta a economia brasileira. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, a agropecuária se destacou no segundo trimestre do ano reigstrando alta de 3,9% em comparação aos três primeiros meses do ano.

No primeiro trimestre, a agropecuária teve um aumento de 13%.

Leia mais 
Veja fotos dos aviões e helicópteros dos milionários do agronegócio

Empresa de Eike executa demissão em massa e dá calote de R$ 500 milhões

A construção civil também teve alta, e ficou em segundo lugar com 3,8% na economia nacional. Segundo o IBGE, todos os subsetores da economia tiveram crescimento. A indústria de transformações e o comércio tiveram alta acima da média, ambos com 1,7%.

Os demais subsetores tiveram as seguintes taxas de aumento: intermediação financeira, previdência complementar e serviços relacionados (1,1%); indústria extrativa mineral (1%); transporte, armazenagem e correio (1%); serviços de imobiliária e aluguel (0,7%); e administração, saúde e educação públicas (0,1%). 

PIB Agro Cepea-USP/CNA

O último relatório do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ/USPC) mostra que o agronegócio nacional expandiu de forma ainda mais expressiva em abril (taxa de +0,77%), ampliando para 2,99% o acumulado no quadrimestre. A cadeia da pecuária seguiu na dianteira, somando ganhos de 3,92%. O agronegócio da agricultura também cresceu, mas aquém do resultado da pecuária e, no período, acumulou expansão de 2,61%.

Com as boas expectativas para a produção e preços em maior patamar, o segmento primário manteve a dianteira do crescimento: 5,01%. Na agricultura, a estimativa de safra para 2013, avaliada até abril, indica expansão média de 8,59%. Em preços (já descontada a inflação), houve crescimento de 4,58% na comparação entre os quadrimestres. Na pecuária, preços e volumes também foram superiores: média anual de +12,8% e +5,33%, respectivamente. 

Leia mais notícia do Agro Olhar 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet