Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 12 de junho de 2024

Notícias | Agronegócio

LEVANTAMENTO DE SAFRA

Conab aponta estoque ‘apertado’ de soja e tuias cheias de milho este ano

Além da produção recorde, a diminuição na exportação do milho contribuiu para deixar os armazéns brasileiros mais cheios de milho nesta safra

Foto: Sirli Freitas-RBS

Ao contrário da soja, o país terá muito milho estocado nos armazéns da Conab

Ao contrário da soja, o país terá muito milho estocado nos armazéns da Conab

O levantamento de safra divulgado nesta terça-feira, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), aponta que o estoque de soja no Brasil, nesta safra 2012/13, melhorou em relação ao ciclo anterior: 839 mil toneladas, ante as 444 mil de 2011/12.


Mas o volume ainda é considerado baixo pelo mercado e principalmente se for comparado às safras 2010/11 e 2009/10, quando os estoques em grãos da oleaginosa eram de 3 milhões de toneladas e 2.6 mi/t, respectivamente.

Mesmo com a supersafra de soja que foi retirada das lavouras do país no último ciclo - 81.456 milhões de toneladas – o estoque é baixo devido à “fome” do mercado internacional. Segundo dados da Conab, além de abastecer o mercado interno com 42.4 mi/t, o Brasil exportará, da atual safra, 38.8 mi/ t. – um recorde. Nas duas safras anteriores, a exportação de soja girou na casa de 32 mi/t.

Leia mais
Produção de grãos em Mato Grosso aumenta 13%; veja por culturas
IBGE estima safra em 187,3 mi de toneladas; produção e área para soja e milho têm salto

Ao contrário da soja, o país terá muito milho estocado nos armazéns da Conab. Das 81.344 milhões de toneladas colhidas na supersafra de 2012/13, o Brasil consumirá 52.053 mi/t, vai exportar 17.5 mi/t e, o estoque final, será de 18.160 mi/t – também um recorde nos últimos quatro anos.

Para se ter uma ideia do volume de milho que ficará nas tuias, nas últimas três safras, o estoque brasileiro do cereal girou na casa das 6 mi/t. Conforme os dados da Conab, aumentar o estoque só foi possível graças à supersafra de milho. No atual ciclo, o país aumentou em 11.5% a produção, colhendo 8.3 milhões de toneladas a mais que a safra anterior.

Além da produção recorde, a diminuição na exportação do milho contribuiu para deixar os armazéns brasileiros mais cheios. Na safra 2011/12, foram embarcadas 22.313 mi/t e, do atual ciclo, a estimativa é enviar ao exterior cerca de 17.5 mi/t. O consumo interno do cereal se mantêm parecido ao do ciclo anterior, 52 mi/t ante aos 51.5 mi/t de 2012.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet