Olhar Agro & Negócios

Sábado, 22 de junho de 2024

Notícias | Logística

Logística

Agronegócio de Mato Grosso poderá perder a competitividade nos próximos anos, afirma Girard

12 Ago 2013 - 08:30

Especial para o Agro Olhar – Thalita Araújo

Foto: Famato

Olivier Girard

Olivier Girard

Caso investimentos logísticos não sejam iniciados imediatamente em Mato Grosso e na região Centro Oeste, o Estado poderá perder sua competitividade no agronegócio nos próximos anos. Assim analisa o sócio da empresa Macrologística Olivier Girard.


Girard apresentou durante a Bienal dos Negócios da Agricultura, nesta sexta-feira (9) em Cuiabá, o estudo Centro Oeste Competitivo, um mapeamento completo e detalhado de logística na região.

Projeto inédito irá apresentar mapeamento logístico completo da região Centro Oeste

O estudo será lançado oficialmente em setembro, na capital federal, motivo pelo qual Olivier não pode divulgar números mais detalhados ainda. No entanto, ele já adianta que algumas rotas estudadas para escoamento da safra, para o Norte do país ao invés do Sul, diminuiriam o custo em pelo menos 17% em alguns casos, e mais de 40% em outros.

Para ele, esse trabalho servirá para pressionar o governo a realizar investimentos. “Sem investimentos, a competitividade vai ficando cada vez menor. Os custos de produção vão ficar cada vez maiores, por causa dos custos com logística”, afirmou em entrevista.

“Devemos afastar do debate aqueles que são radicais, pois trazem prejuízos”, ressalta Pedro Taques

Questionado sobre a possibilidade de os problemas logísticos travarem as atividades do agronegócio, ele diz não acreditar nessa possibilidade, mas ressalta que a viabilidade dos negócios pode ficar cada vez mais comprometida.

Olivier Girard espera que o estudo Centro Oeste Competitivo entre nas principais pautas de discussão do setor, sendo bastante disseminado, o que seria uma maneira de pressionar as autoridades responsáveis a investirem no setor.

O levantamento levou cerca de 1 ano para ser realizado e foi encomendado por entidades do agronegócio, comércio e indústria dos estados da região Centro Oeste, um trabalho inédito que reúne forças de todos os lados.

Anteriormente, há cerca de dois anos, o setor da indústria já apresentou o estudo Norte Competitivo, com soluções logísticas para a região Norte do país, incluindo algumas rotas em Mato Grosso. “Infelizmente, de lá até aqui, quase nada mudou, quase nada contido no projeto foi realizado”, lamenta, reforçando a necessidade de pressionar o governo para que faça investimentos no setor que mais movimenta a economia brasileira.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet