Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Notícias / Agronegócio

PECUÁRIA

Pesquisa do IBGE confirma que rebanho mato-grossense é o maior do país com 13.8%

Segundo o levantamento, o Estado tinha o maior efetivo de bois em 2011 (13,8%), boa parte concentrada no Norte mato-grossense (5,9% do total nacional).

De Sinop - Alexandre Alves

18 Out 2012 - 09:18

Foto: Reprodução

Nortão de MT tem 5,9% do total nacional de bovinos

Nortão de MT tem 5,9% do total nacional de bovinos

A Pesquisa de Produção Pecuária Municipal, divulgada nesta quinta-feira (18), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), confirma a liderança de Mato Grosso na produção de bovinos.

Segundo o levantamento, o Estado tinha o maior efetivo de bois em 2011 (13,8%), boa parte concentrada no Norte mato-grossense (5,9% do total nacional). Em seguida, aparecem Minas Gerais (11,2%), Goiás (10,2%) e Mato Grosso do Sul (10,1%).

Entre os municípios, São Felix do Xingu, no Pará, continuou tendo o maior rebanho bovino do país, com 1% do total nacional. Corumbá e Ribas do Rio Pardo, em Mato Grosso do Sul, também continuaram ocupando as segunda e terceira posições. Altamira, no Pará, teve o maior avanço, ao passar da 28ª para a 12ª posição.

O rebanho de bovinos aumentou 1,6% entre 2010 e 2011 no Brasil e chegou a 212,8 milhões de cabeças no ano passado. Os rebanhos cresceram nas regiões Nordeste (2,9%), Sudeste (2,8%) e Norte (2,7%). O ritmo de crescimento na região Norte foi menor do que nos anos anteriores, segundo o IBGE, por causa do aumento da fiscalização contra o desmatamento, o que inibe a expansão de rebanhos.

Na região Sul, o número de bovinos registrado pelo IBGE em 31 de dezembro de 2011 foi o mesmo de igual período do ano anterior. O mesmo ocorreu na região Centro-Oeste, que manteve-se como detentora do maior rebanho do país, com 34,1% do total. A região Norte, dona do segundo maior rebanho, concentrava 20,3% do total.

O rebanho suínos chegou a 39,3 milhões de cabeças, o que representa aumento de 0,9% entre 2010 e 2011. Os três estados do Sul concentram 48,6% do rebanho do país, sendo Santa Catarina o estado com maior número de animais (20,3% do total).

O número de ovinos (ovelhas) teve aumento de 1,6%. O de coelhos criados no país também aumentou: 3,2%. O rebanho de caprinos (cabras) manteve estabilidade entre 2010 e 2011.

A pesquisa revelou, no entanto, que houve queda nos rebanhos de cavalos (-0,1%), jumentos, jegues, burros e mulas (-0,7%).

* com informações da Agência Brasil

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet