Olhar Agro & Negócios

Domingo, 16 de junho de 2024

Notícias | Logística

solução

Dois portos são capazes de retirar mais de mil caminhões das estradas; hidrovia é solução

Caso sejam usados efetivamente, os portos localizados nos municípios sul mato-grossenses de Ladário e Porto Murtinho terão a capacidade de retirar mil caminhões das estradas. A avaliação é do gerente da Granel, Luiz Carlos Dresch. “Cada viagem de um comboio apto a transportar grãos de Ladário até a Argentina, tem capacidade de carga equivalente a 30 mil toneladas”.

Foto: Reprodução / Ilustração

Dois portos são capazes de retirar mais de mil caminhões das estradas; hidrovia é solução

Dois portos são capazes de retirar mais de mil caminhões das estradas; hidrovia é solução

Caso sejam usados efetivamente, os portos localizados nos municípios sul mato-grossenses de Ladário e Porto Murtinho terão a capacidade de retirar mil caminhões das estradas. A avaliação é do gerente da Granel, Luiz Carlos Dresch. “Cada viagem de um comboio apto a transportar grãos de Ladário até a Argentina, tem capacidade de carga equivalente a 30 mil toneladas”.


Leia também
MT experimenta novas rotas e portos para escoamento da produção de soja
Ministro defende manutenção de vetos a MP dos Portos para manter “essência”

De acordo com o gerente, a principal vantagem seria sentida no menor fluxo de caminhões se dirigindo aos portos de Santos e Paranaguá, além dos expressivos benefícios ambientais e econômicos.

A informação de que os dois portos estão estruturados para o escoamento dos grãos produzidos na região animou empresários e representantes do agronegócio, que se reuniram na Federação da Agricultura e Pecuária (Famasul). O propósito do encontro era de apresentar soluções para o gargalo logístico nas estradas, incentivando a movimentação das commodities pelas hidrovias.

Hidrovias
O consultor da BM&F, João Pedro Cuthi Dias, reconhece o potencial de escoamento pelos rios, mas enfatiza a necessidade de uma legislação entre os países do mercosul. “É necessário diversificar a rota dos produtos agrícolas e uma regulamentação direcionada para a logística nas hidrovias, que faça com que os países tenham regras quando transportarem seus produtos pela água”, afirma.

Leia mais notícias no Agro Olhar.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet