Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Notícias / Geral

BOLSA DE CHICAGO

Cotação da soja começa dia estável em curto prazo e com leves ganhos para 2013

Para as vendas com entrega em 2013, a cotação dá poucos décimos para janeiro, e margem entre quatro a oito centavos de dólar por buschel nos negócios feitos entre março e setembro do ano que vem.

De Sinop - Alexandre Alves

17 Out 2012 - 08:40

Foto: Reprodução CBOT

Cotação da soja começa dia estável em curto prazo e com leves ganhos para 2013
A cotação da soja opera praticamente estável nos contratos de curto prazo na manhã desta quarta-feira, na Bolsa de Chicago (CBOT), com alguns décimos positivos nos negócios para novembro. Por volta das 8h30 (de Mato Grosso), o pregão mostrava preço de US$ 14.944 por buschel – ganho de seis décimos em relação ao fechamento do pregão anterior.

Para as vendas com entrega em 2013, a cotação dá poucos décimos para janeiro, e margem entre quatro a oito centavos de dólar por buschel nos negócios feitos entre março e setembro do ano que vem.

Ontem, a cotação da soja operou com ganhos acima de dois dígitos durante a maior parte do dia na CBOT, mas devolveu os lucros no encerramento do pregão, com preço fixado em US$ 14.936 – ganho de apenas 1.2 centavos de dólar por bushel em relação ao dia anterior para os contratos com entrega em novembro. Saldos mínimos também foram observados nos contratos feitos com vencimentos entre janeiro e novembro de 2013.

O ensaio de reação ocorreu depois das fortes perdas – de até 30 centavos de dólar por bushel - ocorridas no pregão de segunda-feira, quando traders venderam contratos para realização de lucros. Porém, de acordo com comentaristas da CBOT, o mercado passou por uma correção de preços e operou com fundamentos nesta terça-feira.


Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet