Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias | Logística

delegada à sema

Duplicação da 163/364 é fruto do destravamento da licença ambiental, garante Valtenir

Foto: Agro Olhar

Obra está orçada em R$ 200 milhões

Obra está orçada em R$ 200 milhões

A duplicação da BR 163/364, anunciada nesta terça-feira (23.4) com pompa e circunstância pelo ministro dos Transportes, Cesar Borges, durante solenidade em Rondonópolis que reuniu o governador SIlval Barbosa, é fruto do destravamento da questão amiental junto ao Ibama.


A afirmação é do deputado Valtenir Pereira (PSB), responsável pela negociação com o Ibama, entre março e dezembro de 2009, que resultou na transfência para a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) da competência para fazer o licenciamento ambiental da obra.

Deputado articula licenciamento ambiental das BRs 364 e 163

“A duplicação do trecho entre Rondonópolis e Cuiabá e de Cuiabá a Posto Gil começou lá em 2009, quando comecei o trabalho para o destravamento da questão ambiental. O trabalho foi feito no sentido de transferir a delegação da licença do Ibama para a Sema” revela o parlamentar.

Orçada em mais de R$ 200 milhões, duplicação da 364 é lançada em Rondonópolis Veja fotos

Segundo ele, a realização do empreendimento representa um importante passo para resolver o problema da insegurança na rodovia, tendo em vista a enorme quantidade de veículos de carga que por ai passam diariamente.

“Temos a esperança real de que em poucos meses vamos reduzir o acidentes com vítimas fatais no trecho entre Rondonópolis a Jaciara”, afirmou Valtenir em relação ao trecho de 60 kms que foi assinado na última terça-feira e orçado em R$ 200 milhões.

Cesar Borges também assumiu o compromisso de duplicar o trecho de 22 kms da BR 163/364 entre Rondonópolis ao terminal ferroviário por causa do maior trânsito de cargas que para lá passará a se dirigir. O ministro comprometeu-se ainda em resolver a duplicação do contorno sul entre Cuiabá e Várzea Grande, a Rodovia dos Imigrantes.

Juntamente com o anel viário de Barra do Garças e a restauração do trecho entre Ribeirão Castanheira e Colniza, o Ministério dos Transportes assinou um total de R$ 1 bilhão a serem aplicados na Infraestrutura rodoviária de Mato Grosso.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet