Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 23 de junho de 2021

Notícias / Geral

área rural

Ministério estuda levar telefonia a municípios com até 20 mil habitantes

De Brasília - Vinícius Tavares

17 Set 2012 - 15:40

Foto: Reprodução

Ministério estuda levar telefonia a municípios com até 20 mil habitantes
O Ministério das Comunicações analisa a possibilidade de destinar parte dos recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações em Educação e Ciência e Tecnologia (Fust) para implantar redes de telefonia fixa e móvel em municípios e comunidades rurais com população a partir de um mil e vinte mil habitantes.

A reivindicação é do deputado Júlio Campos (DEM-MT), que foi o relator na Câmara Federal do projeto de lei que destinou 10% do FUST à Educação e 10% à Ciência e Tecnologia. O parlamentar preside a Frente Parlamentar Mista de Apoio aos Prefeitos e Vice-Prefeitos do Brasil (Fremaprev) e recebeu a solicitação presidente da Frente Municipalista, o deputado estadual Ezequiel Fonseca (MT).

De acordo com Campos, falta interesse das empresas para investir no atendimento a estes distritos e pequenos municípios que estão esquecidos e sem a mínima comunicação.

”O Governo tem que incentivar disponibilizando a infraestruturapara que as empresas em parceria possam atuar nesses locais. Porque se não for desta forma, possivelmente estas áreas vão continuar esquecidas”, argumentou.

Devem ser beneficiados com telefonia móvel os seguintes municípios e distritos: Veranópolis do Araguaia; Pedro Neca; Ranchão; Serra Verde; Culuene; Analândia; Pareado do Leste; Primavera do Fontoura; Nova União; Salto da Alegria; Santa Clara do Monte Cristo; Rio Xingu; União do Norte; Espigão do Leste; Estrela do Araguaia; São José do Couto; Santa Elvira; Fátima de São Lourenço; Novo Paraíso; Água Fria; Pontinópolis; Colorado do Norte; Paranorte; Boa Esperança do Norte; Nova Coqueiral; Cardoso do Oeste; Nova Floresta; Santo Antônio do Fontoura; Vale das Palmeiras; Serra Linda; Nova Terra Roxa; São José do Apuí; Itaquerê; Campina Verde; Antônio Rosa; Ouro Verde dos Pioneiros; Alto Guaporé; Brasil Central; Vale dos Buritis; Alto Coité; Brasil Novo; Paraíso do Rio Preto; Deciolândia; Capão Verde; Conselvam; Rondon do Parecis; Nova Fronteira; Japuranã.

Já a solicitação de implantação de torre de telefonia são para os distritos de Assentamento Milagrosa; Comunidade Rural. No caso de implantação de telefone público o pedido foi feito para atender o Assentamento Trescinco, em Nova Bandeirante, e o Posto de Saúde da Comunidade São José do Caracol.

"A instalação de infraestrutura são necessários a ampliação dos serviços de telefonia móvel e de internet banda larga, pois contribuirá para o acesso da sociedade a serviços considerados essenciais à melhoria da educação pública e fomento da pesquisa e a inovação no país", justifica Campos.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet