Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 23 de julho de 2024

Notícias | Geral

maior produtor

Mato Grosso deve produzir mais de 12 bilhões de litros de etanol do milho em até 10 anos

Foto: Ana Moura/ Canal Rural MT

Mato Grosso deve produzir mais de 12 bilhões de litros de etanol do milho em até 10 anos
Fazendo progresso no setor dos biocombustíveis, Mato Grosso deve produzir pelo menos 12 bilhões de litros de etanol derivado do milho. A estimativa é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). O estado lidera como maior produtor.


Leia também:
Mato Grosso deve produzir mais de 5,2 bilhões de litros de etanol de milho na nova safra

Até a safra 2030/31, a expectativa é que o estado atinja a produção de 80 milhões de toneladas do grão. Somente na safra 23/24, deve haver uma produção superior a 43 milhões de toneladas.

Mato Grosso é o estado com maior produção de etanol de milho no país, com onze plantas em funcionamento. Pelo menos seis plantas são destinadas ao etanol à base de milho.

De acordo com o presidente-executivo da União Nacional de Etanol de Milho (UNEM), Guilherme Nolasco, a cadeia do etanol de milho e cereais está inserida em um círculo virtuoso de investimentos que integra cadeias de grãos, pecuária, floresta e biocombustíveis. 

“O Brasil tem hoje uma grande responsabilidade para fornecimento de alimentos e de biocombustíveis, produzidos de forma sustentável e complementar. A cadeia do etanol de milho é um exemplo deste potencial de integração de cadeia produtiva e que ainda tem enorme potencial de crescimento sobre os excedentes exportáveis. Por meio da industrialização do grão produzido em segunda safra, é possível dobrar a produção de etanol nos próximos dez anos e, ao mesmo tempo, contribuir para intensificação da pecuária e ampliação da oferta de alimentos”, pontuou.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet