Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias | Geral

obras em mt

Equipe da Sinfra-MT visita obras de expansão da malha ferroviária em Rondonópolis

Foto: Assessoria

Equipe da Sinfra-MT visita obras de expansão da malha ferroviária em Rondonópolis
Três grandes pontos de expansão da ferrovia estadual Senador Vicente Emílio Vuolo foram visitados pelo Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira e pelo Secretário Adjunto de Estado de Logística e Concessões, Caio Albuquerque. 


Na sede administrativa, os gestores tiveram acesso a números significativos das obras, que atualmente reúnem cerca de 30 contratos com empresas da área de construção, o uso de mais de mil equipamentos de grande porte (máquinas da linha amarela) e empregam quase três mil trabalhadores, com previsão de passar de quatro mil pessoas contratadas ao atingir o pico de mão de obra, no mês de julho.

“Foram apresentados aos secretários os andamentos das obras da Ferrovia Estadual, reforçando que as empresas já estão contratadas e mobilizadas para a construção desse projeto grandioso. Na ocasião, também apresentamos o modelo de gestão da RUMO, quanto aos cuidados com a segurança dos trabalhadores e a responsabilidade em relação ao cumprimento das condicionantes ambientais,” explicou Harley Silva, Gerente Executivo de Implantação de Obras Ferroviárias da Rumo, responsável por trechos iniciais do projeto.

Em companhia dos gerentes executivos Harley Silva e Henrique Domingues, além de equipes do setor operacional da Rumo, os secretários estiveram no marco zero da ferrovia, local em que foram instalados três quilômetros de trilhos, ainda no mês de fevereiro e por onde já é possível acompanhar a passagem de locomotivas e vagões. Marcelo de Oliveira ressaltou a emoção ao ver a concretização das obras e presenciar a chegada de uma composição com 120 vagões pelos trilhos construídos recentemente.

Além de todo trabalho realizado pelas equipes da Rumo, Oliveira destacou a importância logística dos trilhos para o desenvolvimento econômico de Mato Grosso e por saber que essa realidade levará melhorias para todo estado, inclusive para Cuiabá. 

“Para Mato Grosso é uma demonstração que este Estado pode continuar crescendo e que vai ter como escoar a produção dele. O nosso ramal para Cuiabá está sempre colocado. É sempre falado! E a gente torce cada vez mais, para que este Estado continue produzindo e que a gente acredita que o desenvolvimento não virá, o desenvolvimento já está aqui!”, concluiu Marcelo de Oliveira.

A construção de uma ponte com 460 metros sobre o Rio Vermelho e a ponte ferroviária sobre a BR-364, também impressionaram a equipe de gestores da Sinfra-MT, pelos grandes volumes envolvidos nas estruturas de cada obra. Harley Silva, da Rumo, explicou que muitas obras executadas no momento são para facilitar o andamento do projeto e causar poucas interferências na rotina da cidade e da população.

“Visitamos uma boa parte do trecho e verificamos que grandes empresas nacionais e regionais estão atuando nas obras que se encontram em estágios distintos. Enquanto estamos concluindo viadutos e pontes ferroviárias, que auxiliarão o translado preliminar com caminhões de um lado para outro das rodovias e sobre rios, causando menos impacto à população, também temos várias empresas atuando na terraplanagem.”, explicou o gerente da Rumo, Harley Silva.

A equipe de implantação de obras da Rumo, demonstrou ainda uma apresentação com importantes etapas em que os trilhos irão cruzar trechos de rodovias estaduais. Nos primeiros quilômetros em execução, a ferrovia terá passagem por baixo e por cima de três vias, de responsabilidade do Governo Estadual, sendo: uma passagem inferior pela MT-270 e outras duas sobre as rodovias MT- 469 e MT-373. Todas são obras que já estão em andamento. 

“A parceria com a secretaria de Infraestrutura é extremamente importante, porque em vários pontos a ferrovia intercepta rodovias estaduais. Essa operação demanda um planejamento conjunto para a busca da melhor solução técnica, que atenda todas as partes, considerando vários aspectos envolvidos, inclusive, os ambientais e sociais. A colaboração da Sinfra-MT, no conhecimento e no cuidado que tem demonstrado na aprovação desses projetos, nos traz muita segurança para alcançarmos a melhor solução para a população, com garantia da continuidade da ferrovia, uma obra de extrema importância para o estado de Mato Grosso.”, finalizou Henrique Domingues, Gerente Executivo de Implantação de Obras Ferroviárias da Rumo.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet