Olhar Agro & Negócios

Domingo, 16 de junho de 2024

Notícias | Geral

impacto na agricultura

Preço da saca de soja em MT tem aumento após enchentes danificarem lavouras no RS

Foto: Rodolfo Perdigão

Preço da saca de soja em MT tem aumento após enchentes danificarem lavouras no RS
A catástrofe climática que atinge o Rio Grande do Sul começou a causar impacto na agricultura mato-grossense, principalmente na cultura da soja. Em Rondonópolis (218 km de Cuiabá), a saca chegou a atingir R$ 116,50 na segunda-feira (6). A expectativa é de que os preços continuem aumentando.


Leia também
Capacidade das indústrias e abertura de novas processadoras auxiliam alta no esmagamento da soja


Um dos motivos da alta se deve às lavouras da região do Rio Grande do Sul que foram destruídas. O estado é o segundo maior produtor de soja do país, atrás somente de Mato Grosso.

De acordo com os dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), as cidades de Rondonópolis, Alto Araguaia, Alto Garças, Campo Verde e Primavera do Leste tiveram as maiores altas na segunda-feira (6).

O preço da saca de 60 kg girou entre R$ 114,30 e R$ 116,50. A média mato-grossense ficou na cotação de R$ 110,88, sendo um aumento de 1,22%.

Outro motivo do aumento no preço da saca se deve à valorização do farelo. Ainda conforme os dados do Imea, divulgados nesta semana, Mato Grosso deve produzir nesta safra 2023/24 cerca de 39,05 milhões de toneladas.

Para a mesma safra, a produção prevista para o Rio Grande do Sul era de 22,24 milhões de toneladas. Devido às enchentes, o estado pode ter uma quebra de até 15% na produção.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet