Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias | Geral

mais de três milhões de toneladas

Capacidade das indústrias e abertura de novas processadoras auxiliam alta no esmagamento da soja

Foto: Rodolfo Perdigão

Capacidade das indústrias e abertura de novas processadoras auxiliam alta no esmagamento da soja
O aumento na capacidade das indústrias e abertura de novas processadoras propiciou aumento no esmagamento de soja no primeiro trimestre deste ano em Mato Grosso. Ao todo, foram esmagados 3,13 milhões de toneladas.


Leia também:
Mato Grosso atinge recorde histórico no volume de abate bovinos no 1º trimestre com mais de 1 milhão de cabeças

Segundo dados divulgados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), somente no mês de março houve esmagamento de 1,15 milhão de toneladas da oleaginosa no estado.

Nos três primeiros meses o esmagamento chegou a 3,13 milhões de toneladas, aumento de
11,21% em relação ao mesmo período de 2023.

Conforme o relatório, além da abertura de novas processadoras, a demanda por subprodutos do grão está impulsionando o ritmo das indústias.

O farelo da soja é um dos subprodutos mais exportados e o óleo tem sido bastante consumido de forma interna em Mato Grosso. Apesar do aumento no esmagamento do grão, os produtores estão enfrentando dificuldades nas safras. 

Com baixa no preço das sacas e margens apertadas, os produtores precisaram produzir no mínimo 57 sacas de soja para conseguirem cobrir os gastos.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet