Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 16 de abril de 2024

Notícias | Geral

SEM AVISO PRÉVIO

Ministério da Agricultura altera prazo para plantio de soja em Mato Grosso

Foto: Reprodução

Ministério da Agricultura altera prazo para plantio de soja em Mato Grosso
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) alterou a data para o plantio da soja em Mato Grosso. Agora, o período de semeadura do grão será entre 16 de setembro e 24 de dezembro. A mudança tem como objetivo  a erradicação da ferrugem asiática

Leia também
Vazio sanitário da soja começa na quinta-feira em Mato Grosso


A Portaria nº 840 tem como objetivo  a erradicação da ferrugem asiática. A Ferrugem Asiática é considerada uma das doenças mais severas que incidem na cultura da soja, podendo ocorrer em qualquer estádio fenológico. Nas diversas regiões geográficas onde a praga foi relatada em níveis epidêmicos, os danos variam de 10% a 90% da produção.
Entretanto, o Ministério não consultou o governo de Mato Grosso, que deverá publicar, nos próximos dias, uma instrução normativa modificando a regra, por meio do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea).

Nas duas últimas safras o período para plantio do grão ia até 3 de fevereiro. 

O Mapa argumenta que o Plano é uma das estratégias para minimizar eventuais prejuízos aos sojicultores e aos demais atores envolvidos na cadeia produtiva da soja. 

Em relação aos períodos dos calendários estabelecidos na safra anterior, as alterações para essa nova safra levaram em consideração a análise dos dados relativos ao levantamento do Consórcio Antiferrugem, que detectou expressivo aumento nos relatos da ferrugem asiática da soja na safra 2022/23, em função do regime de chuvas ocorrido à época, conforme dados divulgados pela Embrapa Soja.

Para tanto, a Secretaria de Defesa Agropecuária adotou um período limitado de 100 dias corridos para os calendários de semeadura em todos os estados produtores de soja, conforme recomendação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), com o propósito de se evitar epidemias severas da doença durante a safra.
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet