Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Notícias | Geral

redução tributária

FENABRAVE apoia plano de incentivo de acesso ao carro zero do Governo Federal

Foto: Assessoria

FENABRAVE apoia plano de incentivo de acesso ao carro zero do Governo Federal
A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE) declarou que aguarda a publicação das medidas do Governo para aumento das vendas de carros zero km no País, e que apoia um programa que seja voltado às pessoas físicas, que foram retiradas da base de consumo durante a pandemia, por terem perdido poder de compra.

Leia mais
Mapa instala Centro de Operações de Emergência Agropecuária para controle da Influenza Aviária


A Federação, que participou das tratativas junto ao Governo, espera que o projeto expanda a base de consumo de carros zero km no país, por meio do repasse da redução tributária, que será obtida pelas montadoras, aos consumidores, além de uma possível ampliação do crédito. Para isso, a entidade afirma que a comercialização dos veículos deve ser realizada, exclusivamente, por meio das Concessionárias de Veículos existentes no Brasil, a fim de garantir que o benefício fiscal chegue, efetivamente, ao consumidor final.

"Somos mais de 7.300 Concessionárias que, juntas, empregam, diretamente, 310.000 pessoas, em mais de 1.000 municípios, em todos os estados brasileiros, e respondem, sozinhos, por 5,13% do PIB Nacional. Realizamos não só a distribuição de veículos, mas, também, respondemos pela manutenção dos mesmos. Somos o elo que garante atendimento de milhões de consumidores em todo o território nacional e isso é um direito que o cliente não irá perder", ponderou Andreta Jr., Presidente da FENABRAVE.

As Concessionárias estão se preparando para atender a esta nova demanda e para receber reservas dos consumidores. "Estamos confiantes no esforço do Governo Federal em potencializar o acesso ao carro zero e as Concessionárias estarão vigilantes para que os benefícios cheguem ao consumidor final. A redução de preços, que será permitida pela diminuição do IPI e PIS/COFINS, cuja comercialização se dará, no nosso entendimento, exclusivamente, por meio das Concessionárias, que são o efetivo elo de atendimento e prestação de serviços do mercado, prestigia a população brasileira e impulsiona a renovação da frota nacional rumo à modernização tecnológica, à segurança do trânsito e à descarbonização ambiental", concluiu Andreta Jr. presidente da FENABRAVE.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet