Olhar Agro & Negócios

Domingo, 21 de julho de 2024

Notícias | Agronegócio

O BOLSO AGRADECE

Reflexo da nova política dos combustíveis, preço médio do diesel e da gasolina cai R$ 0,40 em Cuiabá

Foto: Rodrigo Costa

Reflexo da nova política dos combustíveis, preço médio do diesel e da gasolina cai R$ 0,40 em Cuiabá
Após a Petrobras anunciar a redução nos valores do diesel e da gasolina para as distribuidoras, o preço desses combustíveis caiu em média R$ 0,40 em alguns postos de Cuiabá. Em um desses estabelecimentos visitados pela reportagem do Olhar Direto, a gasolina, por exemplo, foi encontrada a R$ 5,07.


Leia também 
Petrobrás anuncia redução de R$ 0,40 no preço da gasolina e R$ 8,97 por botijão de gás

Segundo comunicado da petroleira emitido na última terça-feira (16), o valor médio do diesel nas distribuidoras foi reduzido de R$ 3,46 para R$ 3,02. A gasolina, por sua vez, recuou de R$ 3,18 para R$ 2,78.  

Em Cuiabá, o valor mais vantajoso da gasolina foi encontrado em um posto localizado no Jardim Cuiabá - R$ 5,07. No mesmo local, o diesel é vendido a R$ 5,17. Segundo a administradora do estabelecimento, que não quis se identificar, o preço vem diminuindo gradativamente nos últimos dias e pode cair ainda mais, já que o estoque ofertado é o antigo. 

Em um outro posto na avenida Miguel Sutil, o litro da gasolina é comercializado por R$ 5,17. A redução entre ontem e hoje foi de R$ 0,40, relatou um funcionário à reportagem. A empresária Milena Bueno, que abastecia seu veículo, fez as contas pelo celular e disse que sentiu diferença desde a última vez que encheu o tanque. “Deu 60 litros, caiu mais ou menos. Da  última vez estava R$ 5,50. Agora deu uma diferença maior. Dá uma aliviada no bolso, tomara que continue”, disse. 

Já em outro posto, esse de uma petrolífera multinacional, a gasolina custa R$ 5,19. De acordo com o gerente, que preferiu não revelar sua identidade, a baixa foi de R$ 0,40, mesmo valor reduzido nas distribuidoras. “Tomara que abaixe mais”, disse. Tá ficando bom, tá melhorando já. [O preço] já teve 7 [reais] e pouco, se chegar em 4 e pouco, é só alegria”. 

Questionado se a movimentação de clientes aumentou com a redução dos preços, ele disse que ainda está devagar. Argumentou que as pessoas estão esperando uma queda maior nos valores e que, pelo menos no local que ele está a frente, o etanol ainda é o mais procurado. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet