Olhar Agro & Negócios

Domingo, 21 de julho de 2024

Notícias | Agronegócio

2023-2024

Fávaro, Marina e Paulo Teixeira debatem elaboração das novas diretrizes do Plano Safra

Foto: Assessoria

Fávaro, Marina e Paulo Teixeira debatem elaboração das novas diretrizes do Plano Safra
Os ministros Carlos Fávaro (PSD), Marina Silva (REDE) e Paulo Teixeira (PT) se reuniram para a elaboração das diretrizes do Plano Safra 2023-2024, nesta segunda-feira (10), na sede do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). O principal assunto abordado foi a produção sustentável de alimentos.


Leia também: 
Cuiabá, VG e Rondonópolis têm maior número de famílias com direito à Tarifa Social na conta de energia


Fávaro explicou que o Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária, conhecido como Plano ABC+, será o indutor das políticas agrícolas brasileiras, voltadas para a agropecuária de baixo carbono. Segundo ele, o Plano Safra terá capítulo importante com diretrizes para o financiamento de atividades de agrofloresta e extrativismo.

Conforme a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, o objetivo é que seja a base da transição para a agricultura de baixo carbono. Para ela, é uma forma de demonstrar que o Brasil pode ser uma potência agrícola e ao mesmo tempo ambiental e florestal.

De acordo com o ministro Paulo Teixeira, Plano Safra deve incentivar a transição para uma agricultura regenerativa. “Podemos aumentar os estímulos para que a gente possa anunciar um grande Plano Safra para a agricultura do Brasil com esses ingredientes de uma agricultura regenerativa e ecológica”.

O novo Plano Safra deve ser lançado entre os meses de maio e junho e atenderá diferentes categorias de produtores rurais nos mais diversos segmentos.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet