Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 24 de junho de 2022

Notícias | Geral

Instituto Somos do Minério

Referência na produção de ouro no país, Poconé usa a mineração para geração de empregos, renda e desenvolvimento do município

Foto: Reprodução/Ilustração

Referência na produção de ouro no país, Poconé usa a mineração para geração de empregos, renda e desenvolvimento do município
O Instituo Somos do Minério, entidade sem fins lucrativos que nasceu da necessidade de mostrar com transparência o bem que a mineração promove à sociedade, reuniu-se com o prefeito Tatá Amaral, na última terça-feira (07), na sede da Prefeitura de Poconé. No encontro foram apresentadas ações desenvolvidas pela entidade junto ao município, que por sua vez, é referência na produção de ouro no país e aparece como destaque pela arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), tributo pago pelas mineradoras às cidades onde há atividade minerária.

Leia mais: 
Conheça a Domínio, empresa cuiabana especializada em registro de marcas, patentes e direitos autorais que atua há 17 anos em todo país

O presidente do Instituto, Roberto Cavalcanti, apresentou ao prefeito Tatá Amaral, a primeira-dama, Joelma Gomes e equipe das secretarias de saúde e de meio ambiente, algumas das ações desenvolvidas pela entidade, cuja principal função é divulgar e ampliar o apoio que o setor minerário oferece à população.

Para Cavalcanti, a saúde, educação, cultura e trabalho oferecido pela entidade à população, mostram que a mineração artesanal de pequeno e médio porte se empenha em retribuir à sociedade tudo aquilo que o município proporciona.

Ainda conforme o presidente, desde a fundação, o Instituto vem realizando importantes ações que buscam evidenciar a imagem positiva dos mineradores que atuam de forma legal e contribuem para o desenvolvimento dos municípios, com responsabilidade social e principalmente, amparada pela sustentabilidade.

O prefeito Tatá Amaral elogiou a criação do Instituto e ressaltou a importância da mineração para o município, uma vez que o setor gera cerca de 3 mil empregos diretos e contribui para a economia local, bem como os trabalhos voltados para as ações sociais.

“Temos plena convicção da importância da mineração para o município de Poconé e perante a população, contribuindo com a geração de emprego e renda e para o desenvolvimento da nossa cidade, sem falar nas ações sociais. Sem a mineração, não conseguiríamos nem imaginar o que seria do nosso município”, destacou.

Ele lembrou que além da contribuição econômica, a parceria entre a cidade e a mineração, por meio do Somos Minério, proporcionou o custeio mensal de insumos e atendimentos para o funcionamento do hospital municipal, que em 2017 estava em situação alarmante com cinco meses de salários atrasados, falta de medicamentos e sem perspectiva de melhoria.

Recentemente, conforme explicitado no encontro, o município recebeu mais 1 km de malha asfáltica, investimento de R$ 1,6 milhão, oriundo de recursos da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM). A cidade conta atualmente com 25 quilômetros de malha asfáltica proveniente da CFEM.

Apesar de todo o auxílio recebido, o município ainda carece de parcerias para amparar as demandas da comunidade, especialmente, nas áreas da saúde, educação e assistência social, voltados para crianças e adolescentes, idosos, e àqueles que necessitam de amparo.

“Desenvolvemos vários projetos sociais para as crianças e adolescentes no contraturno escolar, ao invés de estarem nas ruas, elas estão aprendendo com atividades educativas”, explicou a primeira-dama, Joelma Gomes, à frente da Secretaria Municipal de Assistência Social, Emprego e Renda.

“Esses projetos, assim como os oferecidos aos idosos, precisam de auxílio para sobreviver, porque são muitas pessoas que necessitam desse amparo”, frisou.

Também participaram do encontro na Prefeitura de Poconé, a enfermeira Thuany Camilla, representante da Secretaria Municipal de Saúde, a secretária de Meio Ambiente, Daniele Assis, a assistente técnica da Secretaria Municipal de Assistência Social, Emprego e Renda, Elidiane Lobo, o assessor técnico da Secretaria Municipal de Assistência Social, Emprego e Renda, Moacir Agulhó, além da equipe do Instituto Somos do Minério, Rogério Manoel (relação institucional), Lívia Berlandi (assistente social) e Izabel Barrizon (assessora de imprensa).
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet