Olhar Agro & Negócios

Segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Notícias / Logística

R$ 12 bilhões de investimento

Governo apresenta empresas interessadas em implantar ferrovia estadual nesta sexta-feira

Da Redação - Isabela Mercuri

31 Ago 2021 - 10:24

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Governo apresenta empresas interessadas em implantar ferrovia estadual nesta sexta-feira
As empresas interessadas em obter autorização do Governo do Estado para implantação da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso serão apresentadas em evento nesta sexta-feira (3), às 9h, no auditório da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Ao todo, estão estimados investimentos de R$ 12 bilhões para a implantação da ferrovia estadual e a previsão é de que o terminal de Cuiabá seja concluído até o 2º semestre de 2025, enquanto o de Lucas do Rio Verde deverá ser finalizado até o 2º semestre de 2028. 

Leia também:
“Governador está desatando nós históricos”, dizem representantes dos setores produtivos sobre ferrovia estadual

De acordo com a assessoria de imprensa, a seleção das empresas interessadas está prevista no edital de Chamada Pública para implantação da ferrovia, sob regime privado, lançado pelo governador Mauro Mendes no mês de julho, em uma iniciativa pioneira em Mato Grosso.

O projeto da ferrovia prevê a implantação de 730 quilômetros de linha férrea, que vão interligar Rondonópolis a Cuiabá, além de Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, e que vão se conectar com a malha ferroviária nacional.
 
O nome das interessadas será apresentado pela comissão responsável pela Chamada Pública, com acompanhamento do secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e transmitida pelo YouTube da Sinfra, além das redes sociais do Governo de Mato Grosso.

Após essa fase, a comissão fará procedimentos internos de analisar os documentos apresentados pelas interessadas para fins de classificação, habilitação e viabilidade locacional. A previsão é de que o resultado final da Chamada Pública seja divulgado em até 15 dias. Somente após isso, será feita a expedição da autorização e formalização de contrato de adesão.

Com a assinatura do contrato, fica autorizada a implantação, operação e exploração da ferrovia pelo prazo de 45 anos e a infraestrutura ferroviária poderá ser compartilhada pela empresa vencedora com outra empresa de transporte ferroviário que venha a prestar serviços no Estado. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet