Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 22 de outubro de 2019

Notícias / Emprego

Governo abre processo seletivo com 325 vagas em hospital de MT; salários chegam a R$ 7 mil

Da Redação - José Lucas Salvani

07 Out 2019 - 15:00

Foto: Arquivo | SES-MT

Governo abre processo seletivo com 325 vagas em hospital de MT; salários chegam a R$ 7 mil
O Governo de Mato Grosso abriu o processo seletivo para a contratação de 325 profissionais para o Hospital Regional de Cáceres (a 219 km de Cuiabá). Os salários variam entre R$ 1,3 mil (maqueiro) e R$ 7 mil (médico auditor). O edital pode ser conferido aqui e as provas serão realizadas 03 de novembro, em local e horário a serem definidos e divulgados pela Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso (Iomat).

Leia mais:
Sine oferece 1.191 vagas de empregos nesta semana em 28 municípios de MT; veja lista

As vagas ofertas são 41 para enfermeiro, um enfermeiro auditor, 164 técnico em enfermagem, um engenheiro do trabalho, três para técnico em segurança do trabalho, 12 farmacêutico, cinco técnico de imobilização ortopédica, 13 técnico em radiologia, 10 fisioterapeuta e duas para psicólogo.

Do total de 325 vagas, 41 estão sendo ofertadas exclusivamente para Pessoas com Deficiência (PCD) nos cargos de enfermeiro (seis vagas), técnico em enfermagem (27), farmacêutico (2), técnico em radiologia (2), fisioterapeuta (2), maqueiro (1) e nutricionista (1).

A inscrição é gratuita, tem início nesta segunda-feira (07) e término no dia 18 de outubro, e deve ser realizada presencialmente no Escritório Regional do município, localizado na Avenida Sete de Setembro, nº 978, bairro Cidade Alta, das 8h às 17h, em dias úteis. A aplicação das provas ocorrerá no dia 03 de novembro, em local e horário a serem definidos e divulgados pela DOE.

O processo seletivo será realizado mediante prova objetiva e análise de currículo, sendo que o resultado final será publicado e homologado no dia 19 de novembro e divulgado no site da Iomat.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet