Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Notícias / Economia

Número de veículos novos cresce 15%, mas venda mensal caiu 6%, aponta Fenabrave

Da Redação - José Lucas Salvani

06 Set 2019 - 18:01

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Número de veículos novos cresce 15%, mas venda mensal caiu 6%, aponta Fenabrave
Entre janeiro a agosto, o número de veículos cresceu 15,89%, com 71.348 veículos emplacados, se comparado ao mesmo intervalo de tempo em 2018, que registrou 61.563 vendas, de acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Esses dados consideram automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros.

Leia mais:
Presidente da Fenabrave vem a Cuiabá para palestra de evento regional

Na comparação de agosto com julho, todavia, houve uma queda de 6%. No oitavo mês do ano houve 9.174 emplacamentos ao passo que, em julho, foram emplacados 9.761. Para o diretor Regional da Fenabrave, Paulo Boscolo, a retração no mês de agosto pode estar relacionada ao menor número de dias úteis. Foram 22 dias em agosto contra 23 dias em julho. Ele também cita o comportamento do mercado financeiro.

"No geral, o desempenho do mercado tem se mantido estável. Percebemos números mais modestos. O que sustenta os dados positivos no acumulado do ano são as vendas de caminhões, mas, são dados mais ou menos equilibrados com os referentes ao mercado nacional. O mês teve um dia útil a menos e houve instabilidade do mercado financeiro com a disparada do dólar que pode ter dado uma inibida no mercado", analisa Boscolo.

O segmento de Automóveis e Comerciais Leves apresentou, de janeiro a agosto, alta de 6,1% com a comercialização de 32.410 unidades. No mesmo período de 2018, foram 30.547. Já entre agosto (4.319) e julho (4.478), a queda foi de 3,5%.

A comercialização de motocicletas registrou alta de 14,5% no acumulado do ano, totalizando 28.415 motos. No mesmo período do ano passado, foram 24.806 unidades emplacadas. E em agosto, quando teve 3.387 vendas, ocorreu queda de 6,4%.

No segmento de caminhões e ônibus houve acréscimo de 75,3% no acumulado do ano, passando de 1.883 unidades para 3302, com destaque para mais unidades de caminhões. Já de julho para agosto registrou-se queda de 0,78%.

O segmento de implementos rodoviários ampliou de 2.571 unidades para 5.274, um crescimento de 105,13%.  

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet