Olhar Agro & Negócios

Domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias / Política

Blairo Maggi lamenta fusão de ministério em governo Bolsonaro e prevê prejuízos ao agro

Da Redação - Lucas Bólico

31 Out 2018 - 15:35

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Blairo Maggi lamenta fusão de ministério em governo Bolsonaro e prevê prejuízos ao agro
O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi (PP), lamentou que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) tenha decidido fundir a pasta com a de Meio Ambiente. Maggi, que já havia se posicionado contra a proposta, se manifestou direto dos Emirados Árabes, onde participa da exposição Agrispape.

Leia também:
Cotado para o MAPA, Novacki teme repercussão negativa com fusão de ministérios

Maggi sustenta que a medida trará prejuízo ao agronegócio brasileiro, que passa por uma fase de abertura de mercados no mundo. O medo do ministro é de que a ação causa resistência à entrada de mercadorias brasileiras em países exportadores.

Outro eixo da crítica de Blairo Maggi à iniciativa se baseia em questões práticas de trabalho do ministério. Ele sustenta que por mais que em alguns momentos os assuntos guardem correlação, a agenda ambiental extrapola a zona de interesse da agricultura e pecuária. São atribuições do Ministério da Agricultura, por exemplo, debates com relação à energia, infraestrutura, mineração, petróleo.

Para o ministro, seria dificílimo conciliar todos esses assuntos. “Como um ministro da agricultura vai opinar sobre um campo de petróleo ou exploração de minérios?”, questionou. “Existem muitos fóruns importantes nos quais o Brasil deve marcar sua posição, mas não será possível para um ministro participar de todos sozinho”, lembrou.

Durante a campanha, Maggi já havia criticado a hipótese dessa fusão e chegou a comemorar quando o então candidato sinalizou que recuaria da ideia.

Ao longo dos últimos dois anos e meio, Blairo Maggi viajou pelo mundo divulgando a sustentabilidade do agronegócio brasileiro e cobrando preferência pelos produtos do Brasil por causa dos custos dos produtores em manter reservas ambientais em suas propriedades. As informações são da assessoria de imprensa.
 

14 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • LUIZ CARDOSO DA SILVA MARTINS
    06 Nov 2018 às 18:45

    Bom dia, não tem como conciliar o Ministério da Agricultura com a expansão exponencial do Agro-negócio e o Meio Ambiente. Para produzir alimento, a agricultura explora a terra, com desmatamento, aração, gradagem do solo, aplicação de corretivos , adubos químicos, herbicidas,inseticidas, fungicidas , sem falar da formação das pastagens para a pecuária do País, que produz os produtos primários de origem animal produzindo degradação e compactação dos solos e assoreamento do rios. Todo estes procedimentos, produz a contaminação do Meio Ambiente. O Governo tem que gerenciar é a gestão do meio ambiente de maneira sustentável com políticas publicas e leis sem radicalismo em atrito com a produção de alimento. Fazer uma gestão de aproveitamento em todo o País das área abertas e consolidadas propiciando condições de aproveitamento das área através de conscientização dos produtores, e ou, proprietários destas áreas com recursos e assistência técnica, para um bom gerenciamento e diminuir a abertura de novas áreas.

  • Xomano
    06 Nov 2018 às 09:09

    Preju na conta dos BAROES !! Aguardamos a queda da Lei kandir anciosos! , Lei do Seculo passado, ainda Tem Barao que fala que exporta pra não pagar impostos mas fica tudo por aqui mesmo a soja e o dindin sai.... Povo perde de todo Lado, rodovias esburacadas devido alto trafego de carretas acidentes oU Pedagios... a troco de imposto de oleo diesel? essa conta nao fecha. Geram empregos? meia duzia no campo onde maquinarios imperam, diga-se de passagem compramram quase todos com ajuda do BNDES, Banco do Brasil , mais dinheiro do povo. Baroes estão MEGA Multi milionarios, hora de retribuir. Só venha a nós? vosso reino nada?

  • Graci Ourives de MIranda
    06 Nov 2018 às 00:33

    Acabou mamata , exportador/político. kkkk

  • Paulo Boss
    05 Nov 2018 às 16:36

    O cara tá preocupado que vai perder parte do lucro absurdo que o segmento em que esta inserido não mais vai ter !!

  • alcides batista filho
    05 Nov 2018 às 13:04

    Meus amigos essa noticia ja esta ultrapassada o Presidente Bolsonaro não vai mais fundir os ministérios ..deu pra entender

  • ANTONIO RODRIGUES
    05 Nov 2018 às 09:36

    NA MAIORIA DOS MUNICIPIOS BRASILEIROS AS SECRETARIAS SÃO DENOMINADAS AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE, ENTÃO NÃO HÁ PROBLEMAS ALGUM QUANTO AO MINISTÉRIO TAMBÉM SER UMA PASTA SÓ.

  • Walter
    04 Nov 2018 às 17:19

    O Blairo esta reclamando com a fusão porque vai acabar a mamatinha desses barões porque pra min so servem pra ganhar dinheiro com a exportação porque a Agricultura familiar e a que sustenta nos

  • mazzio
    03 Nov 2018 às 17:24

    Não tem que lamentar Sr Blairo Maggi, tem que torcer para que dê certo, ainda mais o sr que está cotado para continuar no Ministério! Vamos vestir a camisa e apoiar essa nova fase do nosso Brasil!

  • CARLOS EHRET
    02 Nov 2018 às 17:38

    O cara faz campanha pro bandido, financia o bandido e agora vem querer enrolar o povo? Tenha paciência. Que Bolsonaro agora lhe tome tudo que tem e o que também não tem. Precisa aprender na vida.

  • RAFAEL CESAR
    01 Nov 2018 às 07:03

    Se o PT quebo senhor apoiou nao tivesse acabado com o Brasil talvez nao se fizesse necessário, a politica tem que ser de austeridade, as reformas que estao por vir e que sao tao necessarias necessitam de sacrificios de todos comecando do alto escalao do governo e voce sabe muito bem disso, vai cortar na carne que comece com os grandes, é que isso é uma novidade em nosso pais mas logo o senhor acostuma.

Sitevip Internet