Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 22 de outubro de 2019

Notícias / Agricultura Familiar

Escolas de Várzea Grande comprarão R$ 1,7 mi em produtos da agricultura familiar

Da Redação - André Garcia Santana

30 Jan 2018 - 16:51

Foto: Reprodução/Gcom MT

Escolas de Várzea Grande comprarão R$ 1,7 mi em produtos da agricultura familiar
Escolas estaduais de Várzea Grande irão adquirir R$ 1,7 milhão em produtos oriundos das famílias rurais. A informação é da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf-MT), que divulga semanalmente novas oportunidades de comercialização com os Mercados Institucionais para o setor.

Leia mais:
Estado comprará mais de R$ 5 mi em alimentos de produtores familiares; 27 municípios participam

De acordo com o titular da Pasta, Suelme Fernandes, a difusão dessas informações por meio da mídia, grupo de gestores, auxiliar na divulgação e no acesso dos pequenos produtores, que podem comercializar e ter ainda mais lucro com este mercado.

"Mapeamos todas as informações de mercado no site da Seaf, para que fique mais fácil o acesso para o pequeno produtor, e foi daí surgiu a necessidade de criar o painel de ferramentas do mercado institucional, onde já divulgamos editais de aproximadamente 100 cidades", finalizou o servidor da Seaf, Eder Azevedo.

Para informações, acesse o PAINEL DE MERCADOS no portal Seaf-MT e veja a relação completa das compras abertas e os detalhes para participar deste canal de comercialização.

Contato:

NÚCLEO TÉCNICO EM MERCADOS INSTITUCIONAIS Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários - (SEAF/MT)
mercadosinstitucionais@seaf.mt.gov.br / (65) 3613-6260

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Claudia Ramos
    30 Jan 2018 às 23:17

    Parabéns para prefeitura de Várzea Grande em fazer cumprir a recomendação Prohrama de alimentação escolar , onde a lei diz que pelo ao 30% do que o aluno consome na merenda tem que vir da agricultura familiar.

  • Gean Santana
    30 Jan 2018 às 18:45

    Agora vamos ver se não são de cooperativas de fachada... Alô Ministério Público, Tribunal de contas!!

Sitevip Internet