Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 20 de outubro de 2021

Notícias / Agronegócio

reunião com senador

Produtores de borracha natural querem aumentar área plantada e atender ao mercado interno

Da Redação - Lázaro Thor Borges

19 Set 2017 - 15:09

Foto: Assessoria

Produtores de borracha natural querem aumentar área plantada e atender ao mercado interno
A borracha natural, extraída das seringueiras, teve um importante signficado para a economia brasileira durante o século passado. Mas com a chegada do petróleo, os seringais perderam competitividade e a heveicultura já não tem o mesmo impacto dos tempos áureos do ciclo da borracha.

Leia mais:
Agronegócio impulsiona crescimento do PIB e Mato Grosso deve liderar índice nacional com 5,1%


Sorte dos produtores que os tempos mudaram. O aumento da preocupação com questões socioambientais fez com que o látex dos seringueiros ganhasse um novo espaço. Principalmente porque a partir dos anos 90 a produção abandonou o perfil extrativista e as primeiras seringueiras plantadas começaram a dar resultados.

Para o representante da Associação dos Heveicultores de Mato Grosso, Ricardo Ferraz de Camargo, o Brasil ainda engatinha no retorno à alta produtividade, como ocorria em outras décadas. Além disso, o país precisa importar o produto, já que a área plantada não é capaz de atender ao mercado interno.

"O Brasil produz apenas 30% do que consome, precisando importar os 70% restantes. Com uma taxa de 4% era realmente mais viável importar borracha do que produzir aqui. Agora, com alíquota de 14%, a atividade ganha fôlego e precisamos de ajuda de custeio do Governo para a produção na área plantada", explicou Ferraz.

O heveicultor esteve nesta segunda-feira (18) reunido com o senador Cidinho Santos, em Cuiabá. O parlamentar prometeu a Ferraz que irá buscar a inclusão do setor nos programas nacionais de financiamento FCO Verde e Pronaf Floresta, especialmente para custeio de safra.

"Somos o segundo maior produtor em área plantada, com algo em torno de 40 mil hectares, atrás somente do estado de São Paulo. Essa é uma atividade que precisa de apoio para se fortalecer uma vez que, a cultura da borracha tem - além da função econômica e social -, uma importância ambiental muito grande pelo fato da seringa ser uma das plantas com maior sequestro de carbono", falou Cidinho.            
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet