Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Notícias / Pecuária

Circuito de Melhoramento Genético discute genética durante Fórum das Cadeias Produtivas

Da Redação - Viviane Petroli

26 Jun 2017 - 11:36

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Circuito de Melhoramento Genético discute genética durante Fórum das Cadeias Produtivas
As novidades científicas em melhoramento genético para a pecuária será um dos focos a serem debatidos na etapa Cuiabá do Circuito Genética Mato Grosso (Genapec), que será promovido durante o Fórum das Cadeias Produtivas e que ocorre paralelamente a 53ª Expoagro. Segundo especialistas, o investimento em genética é essencial para a evolução da produtividade.
 
Leia mais:
Fórum das Cadeias Produtivas trará temas pertinentes ao dia-a-dia no campo na 53ª Expoagro

O Circuito Genética Mato Grosso (Genapec) 2017 ocorre nos dias 11 e 12 de julho durante o Fórum das Cadeias Produtivas. A Genapec é promovida pela Nelore Mato Grosso, pelo Fundo de apoio ao desenvolvimento da bovinocultura (FABOV) e pela Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat).
 
O investimento em genética, explica o diretor-técnico da Acrimat, Francisco Manzi, é fundamental para a evolução da pecuária em produtividade.
 
"O melhoramento genético é o investimento de melhor custo benefício para qualquer propriedade. Ele cabe em qualquer sistema produtivo, desde o mais conservador até os mais arrojados. A Genapec, em sua segunda edição em Cuiabá e já presente em várias praças do estado como Sinop, Juara e Rondonópolis vem recheada de inovações, palestras e orientações", comenta Manzi.
 
O presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Jorge Pires, ressalta que os principais benefícios do melhoramento genético de bovinos de corte é a rentabilidade econômica que se dá sobre vários fatores, uma delas é a possibilidade de elevar o volume de arrobas produzidas por hectare.
 
Em Mato Grosso, destaca o diretor do Sindicato Rural de Cuiabá, Luiz Carlos Alécio, é possível encontrar propriedades as quais a produtividade média é de um animal por hectare, onde não há uso de melhoramento genético, bem como fazendas com uma produtividade média de seis animais por hectare com uso de manejo adequado e auxílio do melhoramento genético.
 
Além do melhoramento genético, a Genapec abordará assuntos ligados a nutrição e sanidade. "A nutrição e a sanidade são temas pertinentes substanciais quando se trata de melhoramento genético, e os criadores terão a oportunidade de aprofundar mais sobre estes temas durante a Genapec", diz a coordenadora da Genapec, Ana Elisa Bardi.
 
Entre outras vantagens do melhoramento genético, de acordo com os especialistas, está a precocidade sexual dos animais, o incremento na taxa de fertilidade assim como o aumento da produção de leite, e precocidade de abate. Também por meio do critério genético é possível realizar a escolha correta de touros e matrizes que atenderão o objetivo de produção.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet