Olhar Agro & Negócios

Quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Notícias | Economia

desde janeiro

Fechado, antigo Hotel Slaviero em Cuiabá coloca banheiras e até esteira de academia à venda; veja fotos

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Fechado, antigo Hotel Slaviero em Cuiabá coloca banheiras e até esteira de academia à venda; veja fotos
Fechado há pouco mais de oito meses, o antigo Hotel Slaviero em Cuiabá continua com a venda de móveis, artigos de escritório e cozinha. Entre as "novidades" colocadas à venda nesses últimos dias estão banheiras de hidromassagem por R$ 900 e itens de academia como bicicleta a R$ 480 e esteira por cerca de R$ 3 mil.
 
As vendas tiveram inicio no mês de janeiro, como o Agro Olhar já destacou. Na ocasião haviam diversos itens como camas, sofás, frigobares, itens de cozinhas e vasos vietnamitas. No local é possível encontrar itens a partir de R$ 0,90, como uma régua, e artigos que chegam a R$ 3 mil, como esteira.

Leia mais:
Hotel fecha as portas em Cuiabá e coloca móveis e eletrodomésticos à venda; veja fotos

Após 'corrida' por móveis e eletrodomésticos, Hotel Slaviero suspende vendas
 
No início das vendas, o proprietário Silverio Maehler explicou à reportagem que a abertura de novos hotéis, impostos e despesas, foram os principais motivos para o fechamento do hotel há cerca de oito meses. O empreendimento contava com a administração da bandeira Slaviero.
 
A reportagem do Agro Olhar esteve no imóvel, localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, nas proximidades do Hospital Amecor,na manhã desta segunda-feira, 20 de fevereiro, e verificou que as vendas continuam. O atendimento no local de segunda a sexta-feira ocorre das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h. Já aos sábados das 08h30 às 11h30.



De acordo com Maria do Carmo Maehler, esposa de Silverio, itens como banheiras e de academia foram colocados à venda recentemente. “Como vamos alugar para escritórios o prédio colocamos as banheiras para vender, assim como coisas de cozinha”.
 
Desde que o “bota fora” teve início em janeiro, a maioria dos produtos foram comercializados para pessoas que buscam para uso doméstico. Contudo, conforme Maria do Carmo, houve procura de outros hotéis e até mesmo pousadas para a aquisição de camas, roupas de cama e banho, além de itens de cozinha.
 
Em média, o cuiabano tem gastado entre R$ 500 e R$ 1 mil no local, enquanto no caso de pousadas e hotéis cerca de R$ 60 mil.
 
Em cerca de um ano três hotéis encerraram as atividades na Grande Cuiabá. Além do Slaviero, localizado na Avenida do CPA, em 2016 o Mangabeira em Várzea Grande fechou as portas, vindo o local a se transformar em consultório médico. Em janeiro, a Rede de Hotéis Mato Grosso anunciou o encerramento das atividades hoteleiras no Global Garden Hotel, situado na Avenida Miguel Sutil, após oito anos de operação (arrendamento).
 
A abertura de hotéis em decorrência a Copa do Mundo de 2014 é o principal fator apontado para a crise pela qual o setor hoteleiro na Grande Cuiabá passa.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet