Olhar Agro & Negócios

Domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias / Indústria

Missão de Cuba passa por frigoríficos de Mato Grosso e nove estados

Da Redação - Viviane Petroli

23 Out 2016 - 15:40

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Missão de Cuba passa por frigoríficos de Mato Grosso e nove estados
Dez auditores cubanos estão percorrendo frigoríficos de carne de aves e suínos de Mato Grosso e outros nove estados. A missão veterinária de Cuba visa à renovação da habilitação para exportação, bem como autorizar novas plantas frigoríficas a enviarem carne de aves e suínos para aquele país. Até dezembro, o Brasil deverá receber missões veterinárias da República Dominicana, Bolívia, Peru, México e Coreia do Sul.

Os auditores cubanos, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), estão divididos em cinco grupos. Além de Mato Grosso, eles irão percorrer os estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Tocantins e Bahia.

Leia mais:
Frigoríficos brasileiros serão visitados por Missão da União Econômica Euroasiática em novembro

Os veterinários de Cuba seguirão até o dia 18 de novembro fazendo inspeções em frigoríficos de carnes de aves e suínos no Brasil.

Outras missões

Nessa segunda-feira, 24 de outubro, está prevista a chegada de técnicos da República Dominicana para avaliar abatedouros de carne de frango in natura. Os estados a serem visitados não foram divulgados e está poderá ser a primeira vez que o Brasil enviará produto ao país.

Mato Grosso deverá receber uma missão de veterinários da Bolívia para inspeções em estabelecimentos de carnes bovinas, suínas e aves entre os dias 21 de novembro e 2 de dezembro. Serão visitadas unidades em Goiás, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina também. Conforme o Ministério brasileiro, no caso da missão da Bolívia o objetivo é a renovação de estabelecimentos que já exportam.

Ainda estão previstas uma missão da Coreia do Sul em Santa Catarina visando à abertura de mercado para a carne suína. Além do país asiático, o Brasil deverá receber missões do Peru (carnes bovina e de aves) e México (farinhas de aves e pescado).

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • JAIR GOMES DE SOUZA
    25 Out 2016 às 00:34

    o produto nos temos com fartura,devenhamos termos muito cuidado com esta cambada que aqui vem ,Fiscalizarem para quererem comprar ! com a fome que já estamos tendo no Mundo,clientes é o que não vão faltar ! É só terem cuidado ! Olhem o calote aí ! Vejamos Governantes anteriores o que fizeram com nosso dinheiro !

  • LEONARDO ALVARENGA
    24 Out 2016 às 08:26

    CUBA NÃO VAI PAGAR NINGUEM, QUEM EXPORTAR PARA LA VAI AMARGAR PREJUIZOS, O DINHEIRO QUE ELES TINHAM ERA TUDO QUE O PT LHES MANDAVA.

Sitevip Internet