Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Notícias / Geral

Fenaban propõe 8% de reajuste e bancários afirmam que vão pensar

Da Redação - Viviane Petroli

06 Out 2016 - 07:52

Foto: Viviane Petroli/Agro Olhar

Fenaban propõe 8% de reajuste e bancários afirmam que vão pensar
Os bancários irão se reunir nesta quinta-feira, 06 de outubro, para avaliar a nova proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), na 11ª rodada de negociações, de 8% de reajuste salarial mais abono de R$ 3,5 mil em 2016 e reposição da inflação para 2017. A greve dos trabalhadores dos bancos completa 30 dias nesta quinta-feira como sendo a mais longa desde 2004.

No Brasil são 13.123 agências bancárias com as atividades internas suspensas e 43 centros administrativos. Em Mato Grosso, segundo o Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB/MT), são 280 agências.

Leia mais:
Diante prejuízos da população, bancários se mobilizam em 29º dia de greve

A nova proposta dos proprietários de bancos foi feita durante reunião no final da tarde de quarta-feira, 05, em São Paulo (SP).

O acordo de dois anos proposto, e que será discutido pela categoria, de acordo com o Comando Nacional dos Bancários, prevê 8% de reajuste mais abono de R$3,5 mil, em 2016. No vale-alimentação o reajuste proposto é maior, de 15% e no vale-refeição e no auxílio creche/babá é de 10%. Para 2017, a Fenaban aceitou repor integralmente a inflação (INPC/IBGE) mais 1% de aumento real nos salários e em todas as verbas.

Durante a reunião, no que tange os dias parados pelos bancários, a Fenaban insistiu na compensação de todos, sem prazo limite, entretanto o Comando Nacional não aceitou tal postura dos banqueiros e conseguiu, na mesa de negociação, o abono total dos dias parados.

Conforme a Federação Nacional dos Bancos, a proposta é válida somente até as assembleias desta quinta-feira, com retorno ao trabalho na sexta-feira, 07.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet