Olhar Agro & Negócios

Domingo, 23 de junho de 2024

Notícias | Pecuária

Raças zebuínas

Pecuaristas mato-grossenses tomam posse em nova diretoria da ABCZ

Foto: Ramon Magela

Pecuaristas mato-grossenses tomam posse em nova diretoria da ABCZ
Quatro pecuaristas mato-grossenses tomaram posse na nova diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) em Uberaba (MG) nesta quarta-feira, 31 de agosto. A entidade será presidida pelo pecuarista Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges.


Entre os diretores da nova diretoria da ABCZ está o pecuarista mato-grossense Luiz Antônio Felippe, do Grupo Camargo e presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Mato Grosso (ACNMT).

Leia mais:

Mato Grosso conta com quatro representantes em nova diretoria da ABCZ

Outros três pecuaristas de Mato Grosso fazem parte do Conselho Consultivo: Jorge Antônio Pires de Miranda (presidente do Fundo de Apoio à Bovinocultura de Corte - FABOV), Francisco Olavo Pugliei de Castro (presidente do Sindicato Rural de Rondonópolis) e Olímpio Risso de Brito (primeiro secretário do Sindicato Rural de Cuiabá).

A chapa “A a Z, ABCZ para Todos” encabeçada pelo pecuarista Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges foi eleita no dia 1º de agosto com 50,9% dos votos dos associados. Atualmente, a ABCZ tem mais de 20 mil associados.

“A ABCZ é a maior entidade representativa da pecuária brasileira, abrange todas as raças zebuínas, 80% do rebanho nacional. A representação de Mato Grosso na Instituição reflete a posição da nova diretoria, que é de trabalhar em conjunto com os produtores. A ABCZ tem feito seu papel direto nos ganhos de produtividade na melhoria genética e nosso Estado tem ainda muito a contribuir com o grande desafio brasileiro na produção de alimentos”, pontua o presidente do Fabov, Jorge Pires de Miranda, que integra o Conselho Conultivo da ABCZ.

A posse da nova diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) foi acompanhada por representantes do Governo de Mato Grosso, que também são produtores no Estado. A posse foi acompanhada pelo vice-governador Carlos Fávaro, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Tomczyk, e o presidente do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) Guilherme Nolasco. O presidente do Instituto Mato-Grossense da Carne (Imac) Luciano Vacari, também acompanhou a comitiva.

Fávaro, durante discurso na solenidade, destacou que em Mato Grosso “Nesse um ano e oito meses de gestão algumas medidas mudaram a história da pecuária mato-grossense e podem contribuir para que possamos melhorar ainda mais a pecuária brasileira”.

Um dos exemplos de ações citadas pelo vice-governador é quanto à criação do Instituto Mato-grossense da Carne (Imac). “O Imac irá promover a comercialização da carne bovina, não do gado, mas da carne, e contar com um selo que vai atestar a qualidade do produto”.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet