Olhar Agro & Negócios

Domingo, 17 de novembro de 2019

Notícias / Agricultura Familiar

Intermat entrega 116 processos de titulação à Casa Civil para homologação

Da Redação - Viviane Petroli

23 Ago 2016 - 16:00

Foto: Maria Anffe/Gcom-MT

Intermat entrega 116 processos de titulação à Casa Civil para homologação
Cento e dezesseis processos de titulação de assentamentos foram entregues para a Casa Civil nesta semana. A documentação faz parte do processo de regularização fundiária do assentamento Jangada Roncador, localizado em Chapada dos Guimarães, e atenderá aproximadamente 500 pessoas.

Os processos de titulação foram entregues na Casa Civil pelo presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), Fausto Freitas.

Leia mais:
Intermat cria frente de trabalho e prioriza 122 assentamentos em Mato Grosso

O presidente do Intermat explica que após a homologação os processos seguirão para expedição de título. Outros assentamentos passam por análise técnica e em breve seguem para a fase de homologação.

"São propriedades rurais, atendendo pessoas da agricultura familiar. É uma das frentes de trabalho do Intermat para beneficiar o pequeno produtor, pois com o titulo da área, ele pode ter acesso a créditos desse segmento”, pontua Fausto Freitas.

Como o Agro Olhar já comentou, em julho uma frente de trabalho foi criada para dar celeridade na entrega de titulações. Na ocasião foi anunciado que o grupo priorizaria pequenos produtores de 122 assentamentos em áreas estaduais.

O georreferenciamento dos 122 assentamentos será realizado por meio de uma empresa terceirizada, cuja contratação já foi autorizada por meio de emenda parlamentar.

“O Termo de Referência para contratação desta empresa está em fase final. Ela vai estudar essas áreas e definir critérios para a regularização. Hoje o Intermat não tem estrutura para ir a campo sozinho. O trabalho será supervisionado tecnicamente pelo Intermat e entraremos com a fase da vistoria e titulação”, explica Fausto Freitas.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Lúcia Maria
    24 Ago 2016 às 09:52

    Como fica a fiscalização dessas terras que foram doada e vendidas parece um comércio onde quem paga e a população com cada vez mas impostos para manter tudo isso...

  • SERVIDOR
    23 Ago 2016 às 17:04

    Parabens ao Presidente e todos os servidores do INTERMAT! Estão resgatando o órgão...que sinceramente achei que seria extinto.

Sitevip Internet