Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Notícias / Cotação

Será que estamos tão bem assim para o suporte do dólar estar em R$ 3,53?

Moacir Camargo – Economista da Parmetal DTVM

05 Abr 2016 - 12:08

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Será que estamos tão bem assim para o suporte do dólar estar em R$ 3,53?
Eu custo a enxergar a melhora que os investidores estão vendo na economia e o otimismo que fazem com que coloquem tanto dinheiro no mercado brasileiro. A explicação é uma só e quase ninguém fala isso: a expectativa de um dólar fraco para o futuro próximo. E ainda tem a oportunidade em ganhos pomposos que a volatilidade traz às mais experientes mesas de operações do mundo quando investem nos emergentes, principalmente no Brasil, vislumbrando o cenário político e a complexidade da nossa economia.

Muitos olham para a desvalorização do Dólar e o fortalecimento do Real e enxergam isso como uma melhora na economia brasileira, mas é justamente o contrário o impacto que isso gera. Com o dólar depreciado, nossas exportações ficam mais caras e a indústria brasileira, já sufocada pelo mal desempenho da economia interna graças aos erros de política econômica como o da “Nova Matriz Econômica” do governo petista, não pode aproveitar das benesses pela recém maxidesvalorização do Real como forma compensatória da recessão presente, pois ao invés do câmbio tender aos R$ 5,00 ele encontra suporte em R$ 3,53. Cadê a intervenção pontual do Estado no câmbio, intervenção tão adorada pelos governos e ideológicos de esquerda? E outro erro do governo que paira, seria depois do ajuste do câmbio, baixar o preço da gasolina e diesel, tendo os custos aumentados para trazer a respectiva commodity (petróleo) para dentro do país, observando ainda a fragilidade das contas e do balanço da Petrobras (prejuízo recorde em 2015 e sendo a empresa mais endividada do mundo), solapando de vez a sua difícil recuperação. A não ser que baixar a gasolina for apenas um subterfúgio para conter os ânimos exaltados da população contra o governo que vem pressionando o congresso a votar favorável ao processo de impeachment. Essa discussão (baixar preços da gasolina e diesel) nunca seria pauta se a gestão da Petrobras fosse profissional e não política, fazendo pesar a reflexão sobre privatizá-la.

Enquanto isso, o petróleo opera bem longe dos minguados US$ 40,00 o barril e pressiona as bolsas pelo mundo, sabendo do quanto pesa uma redução dos investimentos pelo seguimento e os riscos que representam os derivativos inerentes que circulam no mercado.

Tudo bem .... Eu paro .... Estou pessimista de mais. O Brasil baterá o recorde de medalhas nas olimpíadas.

Principais Bolsas Mundiais e índices (12:01):

· Dow 30: ......................................... -0,58%

· Nasdaq: ........................................ -0,69%

· S&P/TSX:....................................... -0,30%

· Ibovespa........................................ -0,11%

· DAX: ............................................. -2,51%

· FTSE 100: ....................................... -1,16%

· CAC 40: ......................................... -2,16%

· Euro Stoxx 50: ............................... -2,25%

· IBEX 35: ......................................... -2,47%

· FTSE MIB........................................ -2,88%

· SMI: .............................................. -1,00%

· Nikkei 225: .................................... -2,42%

· CSI 300: ......................................... +1,32%

· Hang Seng...................................... -1,57%

· KOSPI: ........................................... -0,82%

O ouro, operam em alta desde de abertura do mercado Ásia-Pacífico, seguindo assim no pregão europeu e agora nos americanos. Nesse momento a onça é vendida a US$ 1.231,20 com alta de +0,98%. Na Parmetal DTVM, os negócios com ouro se deram, logo na abertura, na cotação de R$ 141,20 o grama para compra e para venda R$ 143,77, alta de +3,16% frente a abertura do dia.

Indicadores – Abertura do Mercado:

· Ouro – NY (Ozt.) ................................. US$ 1.216,50....................... -0,43%

· Petróleo (Brent) ................................. US$ 37,44........................... -3,23%

· Milho (Ton) ........................................ US$ 354,75......................... +0,35%

· Ibovespa (pts.) ................................... 48.778,04............................ -3,52%

· Dólar - US$ ......................................... R$ 3,6207............................ +1,93%

· Euro - € .............................................. R$ 4,1231............................ +1,90%

· Poupança (mês / Acum. 2016) ............ +0,7179% ........................... +2,6997%

· Inflação – IPCA (mês / 12 meses) ........ +1,27%............................... +10,7063%

Observação: o percentual calculado é feito com relação à cotação de abertura do dia anterior.



http://www.parmetal.com.br/noticias-e-artigos

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet