Olhar Agro & Negócios

Sábado, 22 de junho de 2024

Notícias | Agronegócio

2015 X 2014

Demanda mundial por carne leva exportações de Mato Grosso recuarem 6,25%

Foto: Reprodução/Internet/Ilustração

Demanda mundial por carne leva exportações de Mato Grosso recuarem 6,25%
A depreciação do real frente ao dólar não foi o suficiente para em 2015 proporcionar o crescimento nos embarques de carne bovina de Mato Grosso. Os envios recuaram 6,25% no estado no comparativo com 2014 motivados pela queda da demanda mundial. A Rússia e a Venezuela, principais clientes da carne bovina mato-grossense, reduziram drasticamente suas importações o ano passado.


Leia mais:
Famato pede providências para SESP quanto a roubos e furtos de gado na região de Jaciara

Em 2015, Mato Grosso enviou para o exterior 298,09 mil toneladas de carne bovina, o volume é 6,25% inferior as 317,97 mil toneladas encaminhadas em 2014.

As exportações poderiam ter sido melhores diante a depreciação do real frente ao dólar, visto em 2015 a moeda norte-americana ter ficado 41,52% mais cara no Brasil se comparada a 2014, chegando a picos de R$ 4,50 o dólar turismo no cartão de crédito, por exemplo.

O fato, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), favorecia maiores embarques da carne mato-grossense, “já que a proteína do Estado aumenta sua competitividade frente a grandes exportadores como EUA, no entanto, não foi isso que ocorreu”.

A redução no volume enviado para fora, destaca o Imea, foi decorrente a baixa demanda mundial. Além disso, Mato Grosso deparou-se com a queda drástica de aquisições por parte da Rússia e Venezuela , em decorrência a depreciação do preço do petróleo, sua principal commoditie.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet