Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Notícias / Agronegócio

Produtores pedem ampliação para 10% de biodiesel no óleo diesel

De Sinop - Alexandre Alves

17 Set 2015 - 10:25

Foto: Ilustração

Produtores pedem ampliação para 10% de biodiesel no óleo diesel
Representantes da Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio) e da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) manifestaram, nesta terça-feira (15), apoio à Agenda Brasil (conjunto de propostas do Poder Legislativo para a retomada do crescimento econômico do pais). Eles também pediram apoio do presidente do Senado, Renan Calheiros, para estimular a produção dos combustíveis renováveis.

Os produtores defendem o aumento progressivo da mistura de biodiesel no diesel, atualmente em 7% (B7), e pedem a ampliação, a cada ano, da porcentagem para 8%, 9% e 10%. Segundo os representantes do setor, a indústria já está preparada, em função de ter cerca de 40% de capacidade ociosa. “Hoje temos aproximadamente 56 indústrias com capacidade autorizada de produção de 7,5 bilhões de litros. Pela demanda, em função da obrigatoriedade de B7, isso atinge, em 2015, 4 bilhões de litros. Então temos 3,5 bilhões de litros ociosos”, explicou Tokarski.

Leia também:
Frente parlamentar quer transporte escolar usando 20% de biodiesel

A Ubrabio também propõe o uso autorizativo de misturas superiores à obrigatória. Ele sugere o “B20” Metropolitano para uso no transporte público das cidades com mais de 500 mil habitantes e o “B Agro” (30% de biodiesel) para tratores e máquinas agrícolas.

Entre as propostas de marco regulatório para o biodiesel está o PL 2.751/2015, do deputado federal Luciano Ducci (PSB-PR), que propõe a criação de um novo cronograma de ampliação da mistura obrigatória de biodiesel. De acordo com o texto, a mistura obrigatória de biodiesel ao diesel fóssil comercializado no país passaria para “B8” em 1º de janeiro de 2016, “B9” em 2017 e “B10” a partir de 2018.

Existe também a expectativa de que o deputado federal Sérgio Souza (PMDB-PR) proponha uma Política Nacional dos Bicombustíveis, nos mesmos moldes do PLS 219/2010, da Comissão de Infraestrutura (CI), que ele relatou quando foi senador, mas que acabou arquivado. Renan Calheiros sugeriu que todas as propostas sobre o biodiesel sejam encaminhadas à Comissão Especial de Desenvolvimento Nacional, criada para tratar da Agenda Brasil, para que sejam analisadas e tenham uma resposta rápida, informa a Agência Senado.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • tito lampreia
    18 Set 2015 às 09:48

    Se sou Dilma não dava nada!!! Essa turma de produtores de Mt são ingratos!!! Quando o Lula lançou o Biodiesel foi amplamente criticado, mesmo assim ele Lula seguiu em frente e tornando a Soja do médio Norte de MT rentável!!!Acho que esta mais que na hora dessa turma retribuir a sociedade tudo aquilo que já foi feito para ele(Agronegócio) pagando impostos!!!

Sitevip Internet