Olhar Agro & Negócios

Domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias / Agricultura

Mais de 5 mil agricultores serão beneficiados com posto de coleta de embalagens

A previsão é de que sejam recebidas 15 toneladas do material durante seu primeiro ano de funcionamento

De Sinop - Alexandre Alves

21 Mai 2015 - 11:19

Foto: Imagem ilustrativa

Embalagens vão para reciclagem

Embalagens vão para reciclagem

Cerca de 5.500 agricultores dos municípios de Aripuanã, Colniza, Cotriguaçu e Jurena, todos na região Noroeste de Mato Grosso, serão beneficiados como o novo posto de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas, que será inaugurado no próximo dia 27 de maio, na MT-206, em Colniza.

A unidade será gerenciada pela Associação dos Representantes e Comerciantes de Defensivos Agrícolas e Produtos Agropecuários de Colniza e integrará uma malha de 33 postos e centrais presentes em Mato Grosso.

A previsão é de que sejam recebidas 15 toneladas do material durante seu primeiro ano de funcionamento, informa a assessoria de comunicação.

Leia também:
Resultados econômicos da ILPF são mostrados em dia de campo

Todo o material recebido no local irá para a central de Campo Novo do Parecis, gerenciada pelo Conselho Estadual de Associações de Revendas de Produtos Agropecuários do Parecis (Cearpa Parecis), e posteriormente encaminhada para a destinação final, reciclagem ou incineração, por meio do inpEV - instituto que representa a indústria fabricante de agrotóxicos para a destinação das embalagens vazias de seus produtos.

Segundo a coordenadora regional de operações do instituto no Estado, Rosângela Soto, a construção do posto demonstra que o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas) “vem acompanhando o crescimento e desenvolvimento do agronegócio na região”, comentou, por meio da assessoria.
Sitevip Internet