Olhar Agro & Negócios

Domingo, 15 de setembro de 2019

Notícias / Cotação

Custo do frango em abril: estável, mas ainda elevado

Avisite

15 Mai 2015 - 15:27

O levantamento mensal da Embrapa Suínos e Aves aponta que em abril passado o custo de produção do frango (base: aviário com climatização positiva, no estado do Paraná) registrou ligeiro decréscimo em relação ao mês anterior, permanecendo praticamente estável. E isso quer dizer que ainda se mantém elevado.

Conforme o levantamento, produzir 1 quilograma de frango em abril passado custou, exatamente, R$2,260, valor 0,14% menor que os R$2,263 do mês de março.

A diferença em relação ao mesmo mês do ano passado, embora demonstrando aumento, também foi pequena: +0,87%.

O detalhe, aqui, é que, com a estabilidade em relação ao mês anterior, o custo do frango em abril foi o terceiro mais elevado dos últimos 28 meses, nesse período só ficando aquém (mas por diferença absolutamente irrelevante) do custo apontado para os meses de dezembro de 2014 (R$2,264/kg) e março de 2015 (R$2,263).

Aliás, a concentração de custos recordes em 2015 (só em fevereiro foi registrado brevíssimo retrocesso no custo), faz com que o custo médio do primeiro quadrimestre atinja o maior valor dos últimos três anos: R$2,238/kg, o que implica em aumentos de 4,5% sobre o mesmo quadrimestre de 2014 (R$2,143/kg) e de quase 11,5% sobre os quatro primeiros meses de 2013 (R$2,009/kg).

Não é o que ocorre com o frango vivo (base: granjas do interior de São Paulo) que, em uma marcha absolutamente oposta ao do custo, fechou o primeiro quadrimestre de 2015 (R$2,34/kg) valendo 3,3% menos que há um ano (R$2,42/kg) e 11,7% menos que há dois anos (R$2,65/kg no primeiro quadrimestre de 2013).
Sitevip Internet