Olhar Agro & Negócios

Domingo, 21 de julho de 2024

Notícias | Logística

ESCOAMENTO

Ministro dos Transportes se compromete a licitar rodovias no Estado

Foto: Aprosoja-MT

Ministro dos Transportes se compromete a licitar rodovias no Estado
A solução para o escoamento da produção agropecuária de Mato Grosso, principalmente o desembaraço de processos que envolvem licenciamento ambiental e regularização indígena, foi um dos pontos solicitados pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) durante reunião com os ministros dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller. Na ocasião o ministro dos Transportes se comprometeu a licitar diversas obras nas rodovias de Mato Grosso, a fim de melhorar as condições de transporte.


A reunião ocorreu nesta terça-feira (22) em Brasília (DF) e teve como um de seus articuladores o ministro da Agricultura, Neri Geller.

Leia também
Geller anuncia escritório do Mapa em Sorriso durante encontro de suinocultores
Segurança na construção civil é reforçada "Compromisso Nacional"; Ministros afirmam necessidade de acordo Veja fotos

O presidente da Aprosoja-MT, Ricardo Tomczyk, pontuou as dificuldades existentes em Mato Grosso para escoar a safra e os impactos causados pela falta de infraestrutura. Ele salientou ainda que o Estado encontra-se em plena safra de milho e os preços estão a cada dia baixos.

Tomczyk ainda solicitou agilidade quanto aos processos que envolvem licenciamento ambiental, em especial a regularização indígena. Na visão do setor produtivo estes dois pontos atrasam o avanço de obras de infraestrutura nas rodovias, incluindo duplicações, e afetam o escoamento.

O ministro dos Transportes salientou conhecer o potencial produtivo e econômico da região Centro-Oeste e declarou que com seu retorno à pasta quer trabalhar com empenho.

De acordo com a Aprosoja-MT, o diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Tarcísio Gomes de Freitas informou, durante a reunião, que estão previstas diversas licitações para a BR-163, que hoje encontra-se em obras desde a divisa do Mato Grosso com o Mato Grosso do Sul até Santarém (PA). A BR-163 é hoje a principal porta de entrada e saída da produção agropecuária de Mato Grosso.

Conforme o diretor executivo do DNIT, entre as licitações que deverão ser realizadas está a licitação em agosto de sete pontes, bem como o acesso ao porto de Miritituba, no Pará. Também está prevista a licitação de outra empreiteira para um trecho de 58 quilômetros, que antes estava sob a responsabilidade da Trimec. Quanto aos anteprojetos da BR-158 e BR-242 O diretor executivo do DNIT revelou estarem prontos e que a parceria da Aprosoja-MT com o governo federal proporcionou agilidade para isso.

Para o trecho da BR-242 estão previstos para agosto os lançamentos de editais para a construção de oito pontes nos trechos que já possuem asfalto, bem como a pavimentação de outros dois trechos. Já na BR-158 esbarra-se com as questões indígenas, uma vez que há dificuldades de finalização das obras devido a existência do contorno de terras indígenas.

Na opinião do ministro da Agricultura, Neri Geller, a união de esforços entre o setor produtivo e o governo federal proporcionam as mudanças que estão ocorrendo no Centro-Oeste. “O governo federal tem conhecimento da importância estratégica desta região para a economia do País e tem feito investimentos concretos na recuperação e construção de estradas, ferrovias e portos. Estamos acompanhando uma transformação que vai melhorar o escoamento da safra e reduzir o custo logístico para o produtor”.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet