Olhar Agro & Negócios

Domingo, 21 de julho de 2024

Notícias | Logística

Rodoanel Leste tem falhas no primeiro dia útil após inauguração

O motorista que circulava pelo Rodoanel Leste na madrugada desta segunda-feira (7), primeiro dia útil após a abertura, encontrava ainda falhas na sinalização, como ausência de “olhos de gato”, como mostrou o Bom Dia São Paulo. A primeira placa indicando a velocidade máxima permitida na via só aparece 7 km depois da praça de pedágio.


O Trecho Leste do Rodoanel começou a funcionar na sexta-feira (4) na Grande São Paulo. São 37,7 km que ligam o Trecho Sul à Rodovia Ayrton Senna. A obra foi entregue oficialmente nesta quinta-feira (3) pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).

O trecho liga Ribeirão Pires até Itaquaquecetuba, passando por Arujá, Mauá, Poá e Suzano, na Grande São Paulo. A via permitirá que veículos possam se locomover entre os trechos leste e sul da Grande São Paulo e evitará que caminhões que fazem viagens até o porto de Santos passem por dentro da capital paulista.

A reportagem do Bom Dia São Paulo observou ainda que na altura do km 88, pedaços de guard rail, que deveriam servir de proteção, estavam soltos ao lado da pista. O asfalto ainda estava irregular nesse trecho. A equipe também circulou um trecho sem encontrar call box - telefone utilizados para pedir ajuda. Embora os pontes estejam instalados, ainda há trechos sem luz.
Na quinta-feira, o Geraldo Alckmin já havia dito que a iluminação não estava prevista no contrato e que a concessionária decidiu instalar por conta própria. A via tem sinal de celular, mas ela falha em alguns trechos. A Artesp informou que 84% do novo trecho possui cobertura de celular de pelo menos uma operadora.

Perto de Ribeirão Pires, um viaduto seguia inacabado. No asfalto, a equipe encontrou uma fenda. A mureta de proteção também não estava concluída.

Atraso

A obra começou em 2011 e foi entregue com atraso de mais de três meses - 114 dias. Segundo o governador Geraldo Alckmin, a concessionária SPMar, responsável pela obra, será multada em R$ 471 mil por cada dia de atraso. A obra, realizada pela SPMar, custou R$ 3,6 bilhões.

A obra não foi finalizada por completo. Faltará ainda um trecho de cerca de 5 km até a Rodovia Presidente Dutra, que deverá ficar pronto em 60 dias, quando a obra não poderá mais ser entregue pelo governador Alckmin em razão da legislação eleitoral. O governador é candidato à reeleição.

O custo do pedágio será de R$ 2,10. A data para o início da cobrança de pedágio neste trecho ainda não foi definida, de acordo com Karla Bertocco, diretora Geral da Artesp.

Trecho Norte
O trecho de 44 km do Norte do Rodoanel já está em obras com seis frentes de trabalho. A conclusão desta obra está prevista para o primeiro semestre de 2016. Os trabalhos só ficarão concluídos os 178 km do Rodoanel Metropolitano que ligará as 10 rodovias que chegam a São Paulo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos e ao Porto de Santos.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
Sitevip Internet