Olhar Agro & Negócios

Domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias / Agricultura

Cuiabá sediará XXIII Congresso de Fruticultura em agosto

Da Redação - Viviane Petroli

22 Abr 2014 - 09:19

Foto: Ilustração

Cuiabá sediará XXIII Congresso de Fruticultura em agosto
A fruticultura é um assunto em Mato Grosso que aos poucos ganha seu destaque. Hoje, o cultivo de frutas é verificado mais na agricultura familiar. No mês de agosto, entre os dias 24 e 29, Cuiabá será palco do XXIII Congresso Brasileiro de Fruticultura, promovido pela Sociedade Brasileira de Fruticultura (SBF).

De acordo com o último levantamento de safra 2013/2014 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado este mês, Mato Grosso semeou em laranja 530 hectares, uma área 0,6% superior a da safra passada. A perspectiva é que se colha 5,1 mil toneladas da fruta, 16,4% a mais que o ciclo anterior. De cacau foram 868 hectares plantados nesta safra, 6,3% a menos que na passada e deve-se colher 564 toneladas, volume 3,1% menor.

A renda no campo da fruticultura mato-grossense deve crescer, segundo aponta o Valor Bruto da Produção (VBP), divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), significativamente. Se o ano encerrasse hoje a renda com a produção de banana seria de R$ 356,9 milhões, montante 4,2% que os R$ 342,3 milhões de 2013. Já com o cacau salto de R$ 3,03 milhões para R$ 3,56 milhões e nas lavouras de laranja de R$ 2,5 milhões para R$ 3,6 milhões. Como o Agro Olhar já comentou o VBP corresponde ao faturamento da porteira para dentro. Seu cálculo é realizado com base na produção e nos preços de mercado. Tal valor pode ser corrigido conforme as alterações de preço e a previsão de safra anunciados no decorrer do ano.

Leia também
Soja e algodão devem puxar renda no campo de MT para cima em 3,63%
Maior desafio de novo secretário da SPA é o novo Plano Safra 2014/2015

Está será a primeira vez que Cuiabá e Mato Grosso sediam o congresso, que discutirá temas relevantes para a cadeia frutífera no Brasil.

Em sua 23ª edição o tema central é "Fruticultura: Oportunidades e Desafios para o Brasil". Em Cuiabá o congresso será realizado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), Governo do Estado e pelo Mapa.

Ao todo serão 51 palestrantes de diversos Estados, inclusive de Mato Grosso. Diversas mesas redondas e conferências poderão ser acompanhadas e minicursos. Entre as temáticas estão pragas, gargalos, oportunidades através de frutas nativas, nanotecnologia aplicada à fruticultura, a cadeia frutífera em Mato Grosso, entre outros assuntos.

Na oportunidade haverá apresentação de pôsteres e trabalhos acadêmicos.

A programação e mais informações sobre o congresso podem ser conferidas no site www.fruticultura2014.com.br  

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet