Olhar Agro & Negócios

Domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias / Cooperativismo

Parceria garante disseminação da produção sustentável na fronteira

Sebrae/MS

10 Abr 2014 - 14:30

Sebrae e instituições de ensino e pesquisa reforçam práticas agroecológicas entre professores e alunos para formar profissionais especializados. O Sebrae/MS, em cooperação com o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) e a Universidad de Columbia Del Paraguay, inaugura no próximo dia 16 de abril, quarta-feira, às 8 horas, com um Café da Manhã Orgânico, unidades demonstrativas do projeto PAIS (Produção Agroecológica Integrada Sustentável) na fronteira do Brasil com o Paraguai.

O lançamento, que acontece na sede do IFMS em Ponta Porã – um dos locais a receber as estruturas modelo juntamente com a Universidad de Columbia –, marca oficialmente a parceria entre o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e as instituições de ensino e pesquisa nas regiões de fronteira do estado.

A iniciativa busca promover a cultura da produção sustentável como ferramenta para a geração de renda, segurança alimentar e cidadania aos integrantes da agricultura familiar de ambos os países. "É uma ação transfronteiriça, que gera a capacitação de alunos e professores, e será com certeza a primeira de muitas desenvolvidas entre as instituições”, destaca Paulo Antello, analista técnico do Sebrae no MS e gestor do projeto no território de fronteira entre Brasil e Paraguai.

De acordo com ele, o objetivo é formar pessoas para replicar a tecnologia de produção sustentável, ensinando na prática os alunos. Ao todo, cinco professores das duas instituições receberam capacitação técnica e construíram as unidades demonstrativas com um grupo de dez acadêmicos interessados em aprender sobre o sistema.

Antello ressalta ainda que "os territórios de fronteira têm Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) inferiores aos das regiões centrais. Com a consolidação da metodologia e a região tão integrada, fortalecer o vizinho é fortalecer o Brasil, social e comercialmente”.

Projetos de referência

Hoje, 250 PAIS estão ativos no estado. A tecnologia consiste na implantação de um galinheiro central, uma horta ao redor com cinco canteiros (cultivada sem o uso de agrotóxicos; ou seja, com adubos e defensivos orgânicos), mais quintal agroecológico; além de um sistema de irrigação por gotejamento, que proporciona a economia de água. O projeto é uma parceria entre Sebrae, Fundação Banco do Brasil e Ministério da Integração Nacional.

Já o MS Sem Fronteiras promove desde 2010 ações para o desenvolvimento econômico das regiões Brasil-Paraguai (Ponta Porã/Pedro Juan Caballero) e Brasil-Bolívia (Corumbá, Ladário/Porto Quijarro, Porto Suarez). São instituições parceiras o CIRD (Centro de Informações e Recursos para o Desenvolvimento), no Paraguai, e a FTE (Fundação Trabalho Empresa), na Bolívia. O projeto é um convênio do Sebrae com o Fundo Multilateral de Investimento (Fumin) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Sitevip Internet