Olhar Agro & Negócios

Domingo, 16 de junho de 2024

Notícias | Logística

déficit de barragens

Falta de reservatórios expõe fragilidade do abastecimento para consumo e energia

Foto: Reprodução

Usina de Tucuruí tem eclusa em construção

Usina de Tucuruí tem eclusa em construção

O Brasil precisa investir na construção de novos reservatórios para garantir a segurança hídrica do país. A opinião foi feita pelo senador Osvaldo Sobrinho (PTB-MT) após participar nesta semana de audiência da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), presidida pelo senador Fernando Collor (PTB-AL). 


Segundo o senador, o volume de água armazenado pelo Brasil hoje é muito menor que o de outros países, como Estados Unidos, por exemplo.

“Os Estados Unidos têm água reservada para mil dias. Nós temos para apenas 43 dias. São dados da ANA (Agência Nacional de Águas). Os reservatórios garantem justamente esta segurança nos eventos climáticos, na produção de energia, na navegação e até no turismo”, observou.

Leia mais:
Câmara aprova parecer de Homero que obriga construção de eclusas em barragens de hidrelétricas
Governo federal criará estatal para gerenciar implantação de hidrovias

De acordo com o parlamentar, outro problema abordado no debate foi a falta de planejamento para construção de eclusas nas barragens para permitir a navegabilidade dos cursos d’água a fim de transportar cargas para os portos.

“Noventa por centro das hidrelétricas não têm eclusa. A usina de Tucuruí, que é uma das maiores do país, não tem eclusa funcionando. Começaram a fazer e as obras estão paradas. Há centenas de usinas sendo feitas e nenhum a tem eclusa. É muito mais caro fazer uma eclusa depois de ter sido feito o reservatório”, observou.

Para diretor-presidente da ANA, Vicente Andreu Guillo, a política de dar segurança hídrica significa retomar a construção de reservatórios.

“Tem de ser reservatórios de uso múltiplo. Uma vez excluídos os reservatórios de energia elétrica, haverá menos de uma semana de garantia de água. Números bem distantes dos Estados Unidos, que têm mil dias”, alertou o diretor.

O representante da agência reguladora ouviu de alguns parlamentares cobranças sobre a subutilização do potencial do transporte hidroviário brasileiro. O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), por exemplo, disse que deveria ser proibida a construção de barragens em rios sem a instalação de eclusas, a fim de garantir a navegabilidade.

O debate sobre a Política Nacional de Recursos Hídricos fez parte da agenda 2013/2014 da Comissão de Serviços de Infraestrutura, que discute o tema "Investimento e Gestão: Desatando o Nó Logístico do País".
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet