Olhar Agro & Negócios

Sábado, 22 de junho de 2024

Notícias | Logística

pioneirismo

Dilma fala da importância de Maggi e Lula para construção de ferrovias em MT

O terminal ferroviário de Rondonópolis é considerado o maior complexo intermodal de cargas da América Latina e se somará aos já existentes, Alto Taquari (a 479 km de Cuiabá), Alto Araguaia (414 km), e Itiquira (357 km), todos no Sul no Estado. Com isso, Mato Grosso passará a ter uma malha viária de 360 km.

Foto: Reprodução / Ilustração

Terminal ferroviário de Rondonópolis é considerado o maior complexo intermodal de cargas da América Latina

Terminal ferroviário de Rondonópolis é considerado o maior complexo intermodal de cargas da América Latina

Durante cerimônia de lançamento da ferrovia Ferronorte, no trecho Alto Araguaia-Rondonópolis, e do Complexo Intermodal Rondonópolis, a presidente Dilma Rousseff destacou a importância das ações promovidas pelo ex-governador Blairo Maggi e pelo ex-presidente Lula para que as obras de infraestrutura viária do estado se tornassem realidade.


Leia mais Agência retoma processo licitatório de ferrovia que vai reduzir valor do frete em 50%
Ferrovia do Centro Oeste deve ser licitada apenas no ano que vem

“Nós temos tido a clareza de perceber a importância, aqui no Estado, do setor da infraestrutura graças a uma parceria que se iniciou lá atrás no Governo Lula junto ao ex-governador e, hoje, senador Blairo Maggi. Ele tem a responsabilidade, e eu dou testemunho, pelo desenvolvimento da infraestrutura também aqui no estado de Mato Grosso”, salientou a presidente.
Maggi lembrou que enquanto governador sempre deu prioridade a obras em infraestrutura por acreditar na importância do setor rumo ao desenvolvimento. “Não adianta nada só produzirmos se não tivermos condições, e competitividade, para levar essas mercadorias aonde elas têm que de fato chegar”, disse o senador.

O congressista ressaltou que MT é o maior produtores de grãos do País, que o estado lidera a participação no PIB nacional e tem o agronegócio como carro-chefe da economia. “Ainda estamos aquém da infraestrutura que realmente necessitamos para suprir a demanda”, disse Blairo Maggi, que chegou ao evento acompanhado da presidente Dilma Rousseff e do ministro dos Transportes César Borges, conforme informou a assessoria do parlamentar.

A presidente Dilma falou ainda de outro compromisso assumido com Blairo em prol de Mato Grosso. “Lembro perfeitamente um dia em que estava sendo lançada a ligação entre Uruaçu e Lucas do Rio Verde, aqui no Estado, e eu não pude comparecer e eu era ministra na época. Eu jurei por telefone ao Blairo que nós íamos fazer essa obra e, hoje, eu quero dizer a vocês nós vamos fazer essa obra. É meu juramento e Blairo é receptáculo dele”, declarou Dilma Rousseff.

Maior da América Latina
O terminal ferroviário de Rondonópolis é considerado o maior complexo intermodal de cargas da América Latina e se somará aos já existentes, Alto Taquari (a 479 km de Cuiabá), Alto Araguaia (414 km), e Itiquira (357 km), todos no Sul no Estado. Com isso, Mato Grosso passará a ter uma malha viária de 360 km.

A ferrovia vai de Itiquira a Rondonópolis e compreende 78 km de trilhos interligando os dois municípios. Está localizado às margens da BR 163, distante 25 km da cidade. A obra deve disponibilizar uma área de 230 mil quadrados para um centro comercial, pátio para estacionamento de caminhões e um posto de abastecimento.

Iniciada em 2010, contou com investimento de R$ 600 milhões e aumentará a capacidade de transporte desse modal em Mato Grosso com incremento de 12 milhões de toneladas/ano para 17 milhões, sendo cinco milhões agregados com a entrada em operação do terminal de Rondonópolis.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet