Olhar Agro & Negócios

Sábado, 22 de junho de 2024

Notícias | Logística

CUSTO-BENEFÍCIO

Dilma garante que valor do pedágio na duplicação da BR-163 será ‘baixo’

Rousseff informou que a rodovia em Mato Grosso será duplicada pela iniciativa privada, no modelo de concessão que o governo federal está ponto em prática por meio do Programa de Investimento em Logística (PIL). A 163 receberá duplicação entre a divisa de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul até Sinop, no Nortão do Estado.

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma discursando na inauguração do terminal intermodal da ALL em Rondonópolis

Dilma discursando na inauguração do terminal intermodal da ALL em Rondonópolis

A presidente Dilma Rousseff (PT) garantiu, nesta quinta-feira de manhã, durante a inauguração do complexo intermodal da América Latina Logística (ALL), em Rondonópolis, que o valor do pedágio que será cobrado nos 851 quilômetros da BR-163 que serão duplicados pela iniciativa privada será “baixo”. Na BR-050, entre Minas Gerais e Goiás, cuja licitação ocorreu ontem, o valor do pedágio ficou em R$ 4.50 a cada 100 km.


Grevistas furam bloqueio e fazem manifesto durante visita de Dilma a MT

Rousseff informou que a rodovia em Mato Grosso será duplicada pela iniciativa privada, no modelo de concessão que o governo federal está ponto em prática por meio do Programa de Investimento em Logística (PIL). A 163 receberá duplicação entre a divisa de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul até Sinop, no Nortão do Estado.

“Sabemos da importância das estradas, por isso colocamos a BR-163 no Programa de Investimento em Logística. Vão ser 851 km licitados ainda em novembro e será uma licitação feita para duplicar essa rodovia em cinco anos, dando uma taxa de retorno para os acionistas, mas também um pedágio baixo. As licitações do programa contemplam o que consideramos as rodovias mais importantes”, destacou a presidente, no discurso feito no pátio da ALL.

Geller vai debater impactos da logística na agricultura durante fórum em Sinop

Dilma assinou a ordem de início na duplicação entre Jaciara e a Serra de São Vicente, que será feito por empreiteiras contratadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O trecho aproximadamente 400 quilômetros da BR-364/163 entre Rondonópolis e o Posto Gil está sendo duplicado por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com investimento superior a R$ 1.6 bilhão.

A presidente também destacou a importância de retirar tráfego pesado das rodovias usando os trilhos da Ferronorte para escoar a safra agrícola. “A ferrovia diminui a quantidade de caminhões nas rodovias, torna o transporte de pessoas mais seguro nas rodovias. O transporte que se faz com grandes caminhões não deve ser feito por rodovia. É preferível colocar esse transporte nas ferrovias, para alimentos, minério, grandes cargas”, afirmou a presidente.

Dilma Rousseff ainda lembrou que as ferrovias colaboram ao retirar o tráfego pesado das regiões metropolitanas e que essa medida tem um aspecto de melhoria de qualidade da vida da população.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet